17/01/2022 •
2 min. de leitura

NRF 2022: dia de abertura mostra desafios, tendências e aplicação do metaverso no varejo

Maior evento mundial de varejo começou neste domingo (16), em Nova York, marcando a retomada de seu formato presencial

 
 

Após um 2021 em formato totalmente online, o Big Show da NRF, considerado um dos maiores eventos mundiais do varejo, voltou, neste domingo, à sua tradicional versão presencial, que acontece todos os anos na cidade de Nova York, nos EUA.

Como era de se esperar, o discurso de abertura de Matthew Shay, Presidente e CEO da NRF, foi de felicidade pela volta do formato presencial e de agradecimento ao público que, apesar da incerteza causado pelo recente aumento de casos de Covid pela variante ômicron, não deixou de prestigiar o evento – que segue protocolos de segurança exigidos pelas autoridades sanitárias norte-americanas.

Em um bate-papo com Brian Cornell, CEO da Target, uma das maiores redes de lojas de departamentos dos EUA, o executivo da NRF abordou temas como os desafios enfrentados pelo varejo em todo o mundo, o quanto vai ser importante nos próximos meses a busca do varejo por parcerias estratégicas para enfrentar este momento, que ainda é de incerteza, e o quanto é preciso serenidade para entender que a pandemia ainda não acabou, e, como consequência, alguns desafios também não.

Os executivos falaram sobre o quanto empresas precisarão, mais do que nunca, ser mais flexíveis e ágeis daqui por diante. Ambos enfatizaram questões sobre pessoas, cultura organizacional saudável e humildade para entender que a crise não acabou, e que muitos problemas da pandemia ainda podem persistir por certo tempo.

Tendências

Todo o público que acompanha o Big Show da NRF espera é conhecer o que é tendência para o futuro do varejo. No entanto, o que se viu no primeiro dia de evento é que não há, neste momento, espaço para previsões sobre que vai acontecer lá na frente com o mercado, uma vez que a pandemia não acabou e que os problemas dela provenientes ainda persistem – e podem durar ainda por certo tempo.

Por isso, o que se viu dos palestrantes foi certa serenidade e um tom mais conservador, distante das previsões ousadas que se via em outros anos nos palcos do Javits Center. Afinal de contas, a crise ainda é séria e carece de resoluções para os problemas de agora, de modo que pensar em revoluções ou coisas do tipo para o varejo, neste momento, soariam, segundo o que foi visto nos conteúdos, absolutamente utópicas.

Pouco a pouco, especialistas do mercado destrincharam quais são as questões mais latentes e como trabalhar no dia a dia para encontrar soluções viáveis e eficientes. Fatores humanos, inclusive, permearam a maior parte dos conteúdos neste sentido, uma vez que temas como a saúde emocional, por exemplo, nunca estiveram tão em voga como na pandemia.

Metaverso

Seria impossível falar sobre tendências neste momento sem abordar o metaverso, mas engana-se quem o pensa como uma realidade para daqui alguns anos. Muito pelo contrário, palestras como a de Kate Ancketill, CEO e fundadora da GDR Creative Intelligence, e Emma Chiu, diretora global da Wunderman Thompson Intelligence, mostraram o quanto o metaverso já faz parte do varejo e quanto ele tem sido lucrativo, como acontece na Coreia do Sul atualmente.

Apresentado como realidade tangível, o metaverso é um mundo virtual no qual a compra e a posse são possíveis para praticamente tudo, em um modelo que atende a um dos principiais anseios das gerações Z e Alfa, que devem ser metade da população mundial a partir de 2030. Apesar de ser um público que consome muito mais que as gerações atuais, ele o faz de maneira completamente diferente, tendo decisões movidas por entretenimento, gamificação, socialização e colaboração.

Neste cenário, que traz um modelo praticamente todo novo, a dinâmica do metaverso pode ser fundamental. É a adaptação de real ao virtual e vice-versa, em um novo cenário para uma nova sociedade.

Confira alguns destaques no vídeo a seguir.

Quer saber mais?

A ClearSale, como uma empresa focada em open innovation e sempre presente nos mais importantes eventos do setor, trará conteúdo inéditos e insights valiosos produzidos diretamente de Nova York. A proposta é oferecer ao público brasileiro um material completo, relevante, de qualidade e totalmente gratuito.

Clique e inscreva-se para ter acesso ao conteúdo exclusivo!

Título

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.

Assine nossa newsletter

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.