24/02/2021 •
2 min. de leitura

Venda de celular pela web está em alta, mas setor sofre com fraudes

Apesar de ser uma das categorias que mais fazem sucesso no e-commerce, celulares figuram há anos entre as mais fraudadas no Brasil

 
 

Desde que o e-commerce começou a ganhar força no Brasil, os celulares e smartphones sempre figuraram entre os itens mais vendidos pela internet. Facilidade no transporte, possibilidade de comparar preços em lojas diferentes e promoções vantajosas são alguns dos motivos que fazem deste tipo de produto um dos preferidos pelo varejo online.

Em 2020, junto com o crescimento brusco do e-commerce durante a pandemia, celulares e smartphones também apresentaram aumentos importantes de vendas e faturamento, ainda que outros segmentos tenham crescido bastante justamente por causa da pandemia.

De acordo com a 5ª edição do relatório Neotrust, itens de telefonia estiveram entre os de destaque no terceiro trimestre do e-commerce neste ano, não apenas em volume de venda (quase 6% do total), mas principalmente em faturamento (mais de 21%), em um cenário muito vantajoso para quem vende este tipo de produto, apesar da necessária ressalva sobre as fraudes.

Cenário da fraude em celulares e smartphones

Entretanto, a categoria sempre figurou, também, entre as que mais sofrem tentativas de fraude no Brasil. Isso acontece porque são itens que oferecem liquidez, facilidade de transporte e revenda em mercados paralelos. São itens de ticket médio mais alto e com modelos bastante desejados pelas pessoas.

Nos últimos anos, a média de tentativas de fraude neste segmento (cerca de 5%), manteve-se sempre acima da média geral brasileira (cerca de 3,5%), o que escancara a necessidade de cuidados por parte do varejo online.

“O fraudador, obviamente, não tem intenção de pagar pelo produto, o que torna o valor da compra uma variável importante na hora de determinar o risco da transação. Critérios como liquidez e facilidade de revenda são muito mais importantes para o fraudador, e não promoções ou algo do tipo. Se ele não vai pagar, pouco importa para ele se o produto é caro ou barato”, explica Bernardo Lustosa, CEO da ClearSale.

Mas como evitar as fraudes?

A boa notícia é que há como controlar a fraude com bastante eficiência, deixando o varejo online tranquilo para vender inclusive neste tipo de segmento, conhecido no mercado de prevenção e combate a fraudes como de alto risco.

Antes de qualquer coisa, o varejista online precisa saber que o prejuízo da fraude é praticamente todo dele, e que por isso o problema tem que ser tratado com muito cuidado e atenção. Com isso, é preciso, primeiro, educar os clientes sobre uso de senhas fortes, não repetição de senhas em diferentes contas, não compartilhamento de dados pessoais e de cartões de crédito, cuidado com sites suspeitos, etc.

Tudo isso faz com que os fraudadores tenham mais dificuldades em roubar dados e contas dos consumidores, e isso, consequentemente, torna muito mais difícil a efetivação das tentativas de fraudes no e-commerce, que é, basicamente, o motivo pelo qual estes criminosos tentam invadir contas e roubar dados de consumidores idôneos.

Feito isso, é preciso combater a fraude efetivamente, e muitos varejistas online optam por fazer o trabalho antifraude e de gestão de riscos por conta própria, o que os faz cair em armadilhas perigosas, como a visão limitada e o desconhecimento de indicadores importantes para garantir que se está no caminho correto.

Por isso, contar com um parceiro especializado em prevenção a fraudes é garantir que a expertise seja aplicada em prol da confiança entre varejo e consumidor, além de garantir a manutenção de resultados altamente satisfatórios nos indicadores.

ClearSale pode ajudar

A ClearSale vai muito além do combate a fraudes, ajudando a criar e rastrear os indicadores que ajudam empresas no processo de expansão dos negócios. Nossa abordagem exclusiva para prevenção de fraudes significa que não apenas impedimos a ocorrência de fraudes, mas também aprovamos mais pedidos legítimos, o que ajuda a aumentar as vendas.

Combinamos a avançada tecnologia das inteligências estatística e artificial com a maior equipe do mundo de analistas especializados em fraudes, para oferecer uma abordagem equilibrada e diferente de qualquer outra coisa disponível no mercado.

Desde a nossa fundação, em 2001, nos dedicamos a inovar constantemente para otimizar e aperfeiçoar nossos processos, com objetivo de reduzir fraudes e falsos-positivos ao mesmo tempo em que o varejista aumenta vendas, receita e satisfação do cliente.

Converse agora com os nossos especialistas em segurança:

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.

Assine nossa newsletter

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.