2/06/2022 •
2 min. de leitura

Ataque cibernético: o que é e como se proteger

 
 

Quando falamos em ataque cibernético é muito importante estar em alerta, certo? O Brasil é um dos maiores alvos dos cibercriminosos, segundo o Mapa da Fraude, estudo realizado pela ClearSale, ao todo foram mais de 6,1 milhões de tentativas de fraude somente em 2021.

Para garantir a segurança do seu negócio é preciso entender mais sobre o assunto e criar boas estratégias para proteger o seu sistema, dados, informações confidenciais dos clientes e, consequentemente, o seu negócio.

Quer saber como fazer isso? Acompanhe o nosso artigo e entenda o que é e quais os principais tipos de ataques. Boa leitura!

O que é um ataque cibernético

Geralmente tendo como alvo organizações empresariais ou governamentais, um ataque cibernético é a tentativa de roubo de dados ou invasão de um sistema de computador para lançar ataques extras. Para isso, famosos hackers e cibercriminosos tentam destruir uma rede ou sistema com fraquezas operacionais. Quando voltado para empresas, a intenção é lucrar com pedidos de resgate dos dados.

Conheça os tipos mais comuns

· Phishing

Uma técnica antiga da Engenharia Social, o phishing ainda é muito eficiente. Ele ocorre quando um cibercriminoso forja comunicações com a vítima, que acredita estar diante de um e-mail legítimo. Em geral, o normal é que os fraudadores se passem por bancos ou empresas de cartão de crédito solicitando informações sensíveis, como senhas e dados de cadastro, ou mesmo solicitando a instalação de falsos softwares de segurança etc.

Vale dizer que um ataque de phishing nem sempre vem por e-mail. Alguns fraudadores tentam esse tipo de contato também via telefone e redes sociais utilizando, por exemplo, perfis falsos que se passam por SAC. Muitas vezes, apesar de fraudulentos, esses contatos podem parecer realistas e convincentes.

· Malware

Um software malicioso, o malware é um sistema feito para prejudicar ou explorar um dispositivo, rede programável ou serviço. Assim os criminosos conseguem extrair dados de sistemas com o objetivo de obter ganhos financeiros.

Podendo sequestrar tanto informações vitais de um negócio quanto sigilosas, especialmente de clientes, os cibercriminosos ameaçam vazar as informações na internet caso não seja pago o valor solicitado para o resgate.

Alguns famosos são: Worms, um tipo de malware que copia de uma máquina para a outra; Cavalos de Tróia que se disfarçam de aplicativos inofensivos e roubam dados pessoais de um dispositivo e espionam ou iniciam um ataque; Spyware, um programa instalado no computador sem o conhecimento do usuário e que captura informações pessoais ou de navegação e obtém detalhes sigilosos na máquina.

· Ransomware

Muitas pessoas podem já ter ouvido esse termo sem, na verdade, saber seu verdadeiro significado e o tamanho da ameaça que ele representa para a segurança.

Podemos começar a definir o ataque ransomware pelo seu primeiro nome. O "ransom" vem do inglês e significa “resgate”, em português. A nomenclatura desse tipo de ameaça não é à toa. Ao ser atacado por um software desse tipo, esse programa pode até mesmo bloquear os arquivos do computador, pedindo o resgate como condição para o acesso.

Enfim, é possível perceber que esse tipo de malware objetiva o sequestro e o roubo de dados até o pagamento do valor estipulado pelo criminoso. Com o sistema operacional codificado, o usuário fica impedido de utilizá-lo até que o desbloqueio seja feito.

Afinal, como se proteger?

A sua próxima pergunta será: como se proteger de um cibercriminoso mal-intencionado? A seguir, explicamos como se defender de todos esses tipos de ataques. Veja!

Contar com um antivírus confiável é, sem dúvidas, o primeiro passo a ser tomado. Mas, além disso, é importante investir em soluções que ajudem o seu negócio a evitar o vazamento de dados institucionais e dos clientes.

Um exemplo de solução para vazamento de dados é o serviço de Threat Intelligence da ClearSale, que busca, monitora e reporta dados vazados. Além disso, o ThreatX conta com um estudo que traz informações relevantes sobre alguns grupos de hackers e como funcionam. Uma vez contando com esse serviço, o seu negócio é protegido e monitorado constantemente por uma equipe especializada no assunto.

Por fim, é importante também ficar de olho no seu comportamento online. Atente-se aos links que você recebe e tenha certeza de que a sua conexão é criptografada e segura antes de inserir dados. Tome cuidado, também, ao fazer algum download e baixar anexos recebidos por e-mail. A prevenção à fraude começa na navegação.

Saber o que é um ataque cibernético e como se proteger é essencial para a segurança da sua empresa. Para evitar problemas, conte com sistemas de proteção contra hackers. A prevenção é sempre o melhor remédio.

Título

Escrito por

A ClearSale é especialista em soluções antifraude nos mais diversos segmentos, como e-commerce, mercado financeiro, vendas diretas, telecomunicações e seguros, sendo pioneira no mapeamento do comportamento do consumidor digital. A empresa equilibra tecnologia e profissionais especializados para entregar os melhores indicadores aos clientes e movimentar o mercado com segurança e confiança.

Assine nossa newsletter

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.