13/07/2018 •
4 min. de leitura

Como acontece a identificação da fraude na análise humana

Para efetivamente identificar e analisar transações potencialmente fraudulentas, os e-commerces precisam de mais do que uma solução padrão. Analistas de fraudes especialmente treinados combinam insights do setor com ampla experiência para tomar as decisões que mantêm os clientes felizes e potencializam o crescimento da receita.

 

Mas, o que parece ser um processo quase instantâneo para os clientes envolve, na verdade, muitos processos por trás dos bastidores, desde a análise de pontuações de fraude até a comparação de transações com golpes conhecidos.

Vejamos o que um analista de fraudes considera quando um cliente faz uma compra em um site de comércio eletrônico. O que os analistas procuram para identificar fraudes? Vários fatores estão por trás de quase todas as decisões de transação.

 

Histórico do cliente

O analista geralmente começa aqui. Se o pedido vier de um cliente de longa data sem histórico de comportamento fraudulento, os analistas geralmente não adicionarão nenhuma informação, exigindo etapas adicionais de verificação e aprovarão o pedido imediatamente. Mas, para novos clientes ou para clientes existentes que fazem uma compra incomum, os analistas vão querer consultar mais informações antes de aprovar o pedido.

 

Pontuação de fraude

Uma pontuação de fraude em um pedido é um número completo que é derivado de uma análise abrangente de uma transação com cartão de crédito para avaliar o risco da transação. Essa pontuação fornece uma maneira quantitativa para os analistas avaliarem a probabilidade de uma transação ser não autorizada ou uma fraude.

 

Indicadores de Fraude

Frequentemente, uma combinação de indicadores suspeitos leva um analista de fraude a observar mais de perto a avaliação de uma transação. Estes podem incluir:

- Contas de e-mail criadas recentemente, o que pode indicar que um fraudador criou uma nova conta apenas para essa transação

- Endereços IP que são usados ​​com frequência por fraudadores para ocultar sua localização real

- Números de telefone virtuais em vez de números fixos ou móveis, pois os números virtuais são virtualmente não rastreáveis

- Clientes iniciantes que rapidamente fazem várias compras

 

Com que rapidez os analistas podem revisar pedidos?

As análises de transações geralmente acontecem quase instantaneamente. A maioria dos pedidos é legítimo, portanto, não há motivo para os analistas de fraude retê-los para uma análise mais detalhada.

Em transações questionáveis, os analistas precisarão realizar pesquisas adicionais para determinar com segurança se o pedido é fiel as informações. Para um analista bem treinado isso pode levar entre duas e 24 horas para coletar informações adicionais antes de tomar uma decisão. Por exemplo, o analista pode querer verificar um endereço ou o analista pode entrar em contato diretamente com um cliente para confirmar a identidade do cliente.

É esse tempo extra que permite que os analistas descubram estratégias de fraude que um filtro simples ou uma solução de fraude automatizada nunca conseguiria.

 

Por que os comerciantes de comércio eletrônico recorrem a soluções terceirizadas de proteção contra fraudes

Como existem tantos possíveis indicadores de fraude, muitos comerciantes confiam em soluções terceirizadas para detectar e evitar fraudes.

Esses programas de gerenciamento de fraudes usam um software personalizado para conduzir análises rápidas e especializadas em todas as transações, a fim de identificar fraudes antes que elas tenham a chance de prejudicar a reputação e a receita de um varejista. Esses programas também lidam com fraudes em larga escala, garantindo que eles tenham a perspectiva e a especialização para identificar tendências e padrões de fraude que só se tornam aparentes quando uma série de pedidos é analisada.

A maioria das soluções de proteção contra fraude aprovam automaticamente a suas transações. No entanto, muitas vezes são na verdade compras fraudulentas. Em uma fraude recente, um fraudador colocava pedidos de aparência legítima, mas depois que a transação for aprovada, o fraudador ligaria para cancelar a transação e solicitar que o reembolso fosse colocado em um cartão de presente, por exemplo (que geralmente não é rastreavel). Ao receber o cartão-presente, o fraudador faria um novo pedido e pagaria de forma fraudulenta.

Em outro caso, um fraudador faria um pedido e solicitaria que fosse entregue ao endereço do titular do cartão, garantindo assim que o pedido passasse pelos filtros de fraude sem ser detectado. Então, assim que o pedido estivesse em trânsito, o fraudador ligaria para a loja ou a entregadora, fingindo ser o comerciante e solicitando que o pedido fosse entregue em um endereço diferente e direto para as mãos do fraudador.

Padrões como esses podem ser extremamente difíceis de detectar sem o olhar treinado de um analista de fraude profissional.

 

Escolhendo o parceiro certo de proteção contra fraude

Quando se trata de defender com sucesso seus negócios contra fraudadores, você precisa de um parceiro que se concentre exclusivamente na proteção contra fraudes, tenha o conhecimento necessário para evitar que fraudes acabem com a sua empresa e esteja constantemente monitorando o cenário de fraude em constante mudança.

Quer saber mais como funciona as análises de fraude da ClearSale? Entre em contato conosco através do número 0800 727 5221 ou envie um e-mail para central.relacionamento@clear.sale ou, se preferir, também por estes canais, marque uma visita e venha conhecer nossa sede!

 

*Artigo originalmente produzido pela nossa Gerente de Marketing da ClearSale US, Sarah Elizabeth Zilenovski.

Título

Escrito por

Posts de convidados da Clearsale.