18/01/2022 •
2 min. de leitura

NRF 2022: diversidade e ESG tomam conta do segundo dia de conteúdos

Maior evento mundial de varejo começou neste domingo (16), em Nova York, marcando a retomada de seu formato presencial

 
 

O segundo dia do Big Show da NRF 2022 foi intenso do começo ao fim. Logo na chamada para o primeiro painel de conteúdo, ficou claro que temas relacionados a diversidade, sustentabilidade e ESG dariam a tônica do dia. A preocupação de empresas para gerar um impacto positivo na sociedade e mostrar ativismo sobre questões importantes de humanidade é urgente nos tempos atuais.

Por isso, Ken Chenault, chairman e diretor da General Catalyst, e Maurice Jones, CEO da OneTen, realizaram um bate papo sobre o papel dos negócios na sociedade, principalmente no que diz respeito ao impacto positivo, já que o varejo americano é responsável por injetar trilhões de dólares no PIB dos EUA todos anos. Além disso, o setor de varejo é responsável por um em cada quatro empregos na força de trabalho dos EUA.

Segundo os executivos, como indústria, o varejo tem poder real para liderar e promover mudanças para ajudar a combater a instabilidade financeira vista atualmente nos EUA, principalmente para as comunidades e pessoas sub-representadas e grupos minorizados.

De acordo com eles, é essencial rever algumas práticas para que as empresas possam, de fato, incluir. Algo discutido é sobre as oportunidades dadas apenas para pessoas com diploma universitário, tornando, mais uma vez, alguns cargos no varejo não inclusivos.

Eles acreditam que as empresas precisam ter suas metas de diversidades, assim como outras metas, e que é essencial refletir os consumidores da sua marca em sua força de trabalho e, claro, em todos os níveis.

De acordo com Ken Chenault, por exemplo, já existe há uma união de executivos comprometidos com a qualificação, contratação e avanço de um milhão de negros americanos nos próximos 10 anos em carreiras de sustentação da família, com oportunidades de avanço.

Sustentabilidade

Patrice Louvet, CEO da Ralph Lauren, segundo palestrante de destaque do dia, falou sobre o avanço da discussão do tema nesses dois anos de pandemia. Louvet comentou que a marca está repensando seus processos e apresentou o grande lançamento sustentável da marca para o Austrália Open (um dos maiores torneios de tênis do planeta): uma camiseta polo, de alta qualidade, totalmente confeccionada por algodão reciclado.

Patrice considera a Ralph Lauren uma fábrica de sonhos, muito além de uma simples empresa de moda e vestuário. Sua companhia é focada no consumidor, mas também na força da marca, e a sustentabilidade, segundo ele, está diretamente ligada a ambos os fatores.

Já Luana Bumachar, vice-presidente de Marca e Inovação da Grove Collaborative, conversou com Scot Case, vice-presidente de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da NRF. Entre as frases mais impactantes da painelista, Luana disse que quanto mais você personaliza a experiência de sustentabilidade para os seus clientes, maior a chance de conexão com a marca. É uma construção feita pouco a pouco, mas que precisa ter um pontapé inicial, e que faça parte de algo maior.

A VP da Grove ainda afirmou que você não pode pensar no que o consumidor vai comprar hoje. Você tem que pensar no que ele vai comprar amanhã. Tem que haver a construção de uma história e motivação em ser útil, seja em produto ou serviço , e não apenas gerar um consumo desenfreado. Ao falar sobre inovação, Luana disse que quando uma empresa inova, é lindo e que prova a maravilha de um negócio. Ela citou alguns exemplos, como: testar cores, formatos, experiências, estratégias de atendimento. Na visão dela, tudo isso é inovação.

No decorrer da conversa, ela contou que a Grove Collaborative está aumentando o acesso a produtos sustentáveis, principalmente para que os consumidores desenvolvam novos hábitos para reduzir o impacto ambiental. Essa é uma prática sugerida para educá-los. Ao finalizar o painel, Scot Case deu os parabéns à Luana por conta do seu aniversário, e pediu para que ela trouxesse uma frase de fechamento. De maneira sucinta, ela disse: “sustentabilidade é o futuro”.

Confira os destaques no vídeo a seguir!

Quer saber mais?

A ClearSale, como uma empresa focada em open innovation e sempre presente nos mais importantes eventos do setor, trará conteúdo inéditos e insights valiosos produzidos diretamente de Nova York. A proposta é oferecer ao público brasileiro um material completo, relevante, de qualidade e totalmente gratuito.

Clique e inscreva-se para ter acesso ao conteúdo exclusivo!

Título

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.

Assine nossa newsletter

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.