23/05/2017 •
2 min. de leitura

Como administrar fraude internamente

Quando se trata de selecionar uma solução antifraude, seu negócio deveria usar uma equipe interna ou uma solução terceirizada? É uma grade decisão, pois pode impactar drasticamente diversos fluxos de trabalho da sua empresa, fora o aumento da tendência a entrada de pedidos fraudulentos, caso não seja uma decisão extremamente bem pensada. Aqui vão alguns porquês de um e-commerce querer considerar manter uma equipe interna contra fraude e se essa decisão faz sentido.

 

1. Você deve ter controle total sobre todo o processo de administração antifraude

Se você tem a preocupação de que ninguém conhece seu negócio tão bem quanto seus empregados, uma equipe interna confiável selecionada à mão por você, sob seu controle, pode ser a melhor solução. Quando a contratação interna é bem-feita, você pode construir um time talentoso dedicado a combater a fraude.
Notavelmente, com uma equipe interna, você tem mais controle sobre quais critérios antifraude são utilizados. Você pode determinar quais pedidos são marcados para análise e quais são automaticamente rejeitados com mais refinamento.

Os riscos: O treinamento contínuo é essencial para manter sua equipe atualizada na evolução das tendências de fraude, caso contrário, você pode deixar passar eventos fraudulentos significativos. Você também precisa assegurar-se de que sua equipe possui mão de obra suficiente para cobrir aumentos repentinos no número de vendas (sem manter efetivos em excesso durante épocas lentas). Manter uma equipe em serviço requer recursos dedicados e trabalho contínuo, enquanto uma solução terceirizada permite que especialistas tenham acesso rápido e conveniente quando problemas surgem ou ataques são detectados.

2. Orçamento e recursos não são preocupações primárias

Se você tem o acesso ao talento certo e aos sistemas corretos, manter uma equipe antifraude experiente interna pode permitir que você enfraqueça eficientemente fraudes expostas. Além disso, uma equipe interna permitirá que você controle todos os custos.


Os riscos: O dinheiro para contratar, treinar e manter uma equipe de peritos em detecção de fraudes internamente pode ser significativo. Você deve considerar outros custos importantes, como investimentos em hardware e software de TI que serão necessários para o estabelecimento de um sistema de monitoramento e análise para sua equipe.
Pode haver também despesas indiretas associadas às falsas rejeições, que podem acontecer se sua equipe antifraude ficar entusiasmada demais e acidentalmente rejeitar encomendas válidas que aparentam ser fraudulentas à primeira vista. Essas falsas rejeições não significam apenas oportunidades de venda perdidas, mas também podem levar a compradores insatisfeitos, prejudicando a experiência do usuário que pode iniciar um marketing boca a boca negativo.

3. Se preocupar em proteger dados importantes.

Empresas que se preocupam muito com privacidade, perda de dados e confidencialidade, por isso podem ficar mais confortáveis ao usar sua própria equipe antifraude interna.
Por exemplo, comerciantes na indústria médica podem ter acesso a dados sensíveis do consumidor, protegidos federalmente para manter a privacidade daquele indivíduo. Compartilhar essa informação com empregados da empresa pode parecer menos perigoso do que compartilhá-la com um fornecedor terceirizado, mesmo que seu risco de fraude seja o mesmo.
Os riscos: Fornecedores de serviços são especialistas na administração de dados, por isso normalmente terão recursos e políticas de proteção de dados com mais refinamento que o próprio comerciante.

Equilibrando os Custos da Proteção Antifraude Interna

A decisão de terceirizar ou não seu gerenciamento antifraude pode ser complicada. As circunstâncias da sua empresa ajudarão a guiá-lo nesta escolha. Para internalizar, você deve estar preparado para lidar com 100% das tarefas de gerenciamento antifraude e para acompanhar as mudanças frequentes nas tendências fraudulentas enquanto maximiza sua taxa de aprovação e conversão, assim como a proteção antifraude. É um grande investimento que requer recursos financeiros, intelectuais e de mão de obra experiente muito altos, por isso pense bem, converse com especialistas e procure sempre o que for melhor para o seu negócio.

Título

Escrito por

Posts de convidados da Clearsale.