3/11/2021 •
2 min. de leitura

Novas inteligências da Alexa: a integração e proatividade dos aparelhos por comando de voz

De forma intuitiva e integrada, Alexa participará, cada vez mais efetivamente, do dia a dia das pessoas, de acordo skills de Inteligência Artificial; Tom Taylor anunciou, também, parceria com a Disney

 
 


O primeiro dia de conteúdo do Web Summit começou inspirador com relação às novidades de tecnologia e Inteligência Artificial – elas prometem impactar o dia a dia das pessoas muito em breve. Tom Taylor, SVP da Alexa, assistente pessoal da Amazon, contou o que se espera para os próximos anos com relação à Alexa na primeira palestra do palco central, na Altice Arena.

Clique aqui para acessar o conteúdo gratuito!

Em seu discurso, Tom relatou as alterações e novidades que irão acontecer nos dispositivos de comando por voz. Há planos para que o dispositivo entenda, cada vez mais, as rotinas e preveja ações que os usuários desejam, antes da interação propriamente. A principal mudança desses aparelhos, e até de novos serviços oferecidos por eles, será com relação a proatividade dos eletrônicos. Hoje existe, até então, uma óbvia necessidade, de exercer um comando para que a Alexa tome alguma atitude, seja apagar luzes, colocar a sua música favorita, etc.

No entanto, muito em breve, não haverá necessidade de pegar o seu celular ou fazer algum tipo de comando, já que a Alexa, ao invés de esperar, vai ser proativa, por meio de Inteligência Artificial, e lhe ajudar com as tarefas rotineiras. Alguns exemplos citados por Taylor são de que a Alexa apagará as luzes antes de dormir, de acordo com hábitos noturnos do usuário, poderá se oferecer para preparar o café ao acordar e até ajustar a temperatura do ar-condicionado quando a pessoa estiver ausente, mantendo uma temperatura agradável – sempre de acordo com as preferências de seu dono.

Entre os pontos compartilhados por Tom, o futuro da internet das coisas será cada vez mais integrado e intuitivo. Na linha do que há sobre rotinas, para quem gosta de escutar o mesmo artista pela manhã ao tomar banho, a Alexa, por meio de um skill de Inteligência Artificial, vai identificar os seus sons matinais e colocar música relacionadas a ele para tocar. O mesmo serve para os exemplos já citados anteriormente: se você tem o hábito de tomar café sempre às 9h, a Alexa preverá isso e, ao acordar, a sua bebida estará pronta na integração com a sua máquina.

As marcas também estarão presentes na Alexa

Outra novidade com relação ao futuro da Alexa será a integração com marcas. A primeira delas, anunciada no mês passado e reforçada no Web Summit 2021, é que a Alexa terá uma parceria com a Disney, voltada exclusivamente para oferecer novos conteúdos da empresa. A novidade estará disponível em 2022 nos dispositivos Echo e nos hotéis do Disney Resort.

Para usar a nova funcionalidade, você poderá acionar o aparelho, chamando-o por "Hey Disney". Com o comando, os usuários terão acesso a conteúdos como piadas, curiosidades e surpresas dos personagens da Disney. Além disso, algumas experiências, que possibilitarão interações, estarão disponíveis, assim como histórias serão contadas por meio dos dispositivos.

Política de Privacidade da Alexa também foi discutida

Tema relevante, e que será pauta em muitas trilhas no evento, Tom Taylor não deixou de falar sobre privacidade de dados. Ele fez questão de reforçar as Políticas de Privacidade e transparência da Alexa. O fato dela ser proativa e integrada ao seu dia a dia é apenas uma escolha. Existe a opção de o cliente mutar o microfone do dispositivo, quando o mesmo estiver ligado, e deixar a Inteligência da Alexa definir os padrões.

Para fechar o discurso, Taylor mostrou o primeiro esboço da Alexa, feito por Jeff Bezzos, fundador da Amazon. O protótipo, desde então, já contava com o botão de mute do microfone.

Mais sobre o Web Summit

Realizado pela primeira vez em Dublin, na Irlanda, o Web Summit migrou para Lisboa, capital de Portugal, a partir de 2016. Em 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus, o evento foi realizado de maneira totalmente online, atraindo um público de mais de 100 mil pessoas.

De volta ao modelo que o consagrou, o evento é esperado com bastante expectativa, já que, em um momento que ainda traz incerteza para muitos setores, fundadores e CEOs de empresas de tecnologia, startups, políticos influentes e chefes de estado estarão reunidos para ajudar a esclarecer quais os próximos passos do mundo.

Papel da ClearSale

Sempre em busca de movimentar o mercado e ajudar empresas e pessoas a prosperarem, a ClearSale tem a convicção de que uma de suas missões é democratizar o acesso à informação relevante, e a cobertura do Web Summit 2021 é mais um passo nesse processo, que é contínuo.

Aproveite!

Converse agora com os nossos especialistas em segurança:

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.