24/03/2021 •
2 min. de leitura

Perdas de dados: guia prático para proteger sua empresa!

 
 

Nos últimos meses, nota-se um grande aumento na pressão sobre a proteção contra perdas de dados. Isso se deu graças à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Ela atribui multas e sanções na forma que as informações das pessoas são capturadas e utilizadas. 

Logo, se eles forem perdidos é possível gerar penalidades para o empresário. Nesse sentido, investir em segurança é essencial para evitar esses tipos de problemas e, principalmente, fugir das multas e processos judiciais que podem surgir a partir disso.

Neste artigo, mostraremos como vem funcionando a transformação digital nas empresas, os riscos que os dados sofrem e como proteger sua empresa desses problemas. Acompanhe!

Quais os impactos da transformação digital nas empresas? 

A transformação digital posicionou benefícios imensuráveis dentro das empresas. Atualmente, existem alguns processos feitos por sistemas altamente avançados que eram executados de forma totalmente manual há poucos anos.

A maioria desses procedimentos demorava dias ou semanas para serem concluídos e hoje eles podem ser executados em apenas alguns segundos, com pouca ou nenhuma intervenção humana. A tecnologia proporcionou um grande ganho em termos de integração, praticidade e rapidez no ambiente empresarial.

Não há mais como imaginar a vida dos empresários e colaboradores sem muitas das tecnologias trazidas pela transformação digital. Porém, ela não nos proporcionou apenas benefícios.

Juntamente aos impactos positivos surgiram diversos problemas que diariamente desafiam os empresários na execução de seus trabalhos, um deles é o alto número de invasões de criminosos e os mega vazamentos de dados.

Além desses, que são os mais comuns, também temos o sequestro de dados. Nesse caso, os criminosos não espalham as informações pela internet, mas exigem resgate para que elas sejam devolvidas aos proprietários.

Como ela tem gerado pressão em relação à LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é uma legislação nova e que vem tirando o sono de muitos empresários que foram impactados pela transformação digital. Basicamente, ela impõe exigências sobre a forma como os dados das pessoas são captados e utilizados por uma organização. 

São diversos os pontos que a lei trata, que culminam na aceitação e conhecimento da pessoa sobre a forma em que os dados são capturados pelas empresas e a utilização delas pelo estabelecimento empresarial. 

Porém, juntamente a esse tipo de exigência também existe a necessidade do cuidado e proteção contra vazamentos e sequestros desses mesmos dados. O empresário que não observar esses detalhes pode ter problemas sérios na sua empresa.

As consequências da perda de dados são tão grandes que resolvemos dedicar uma seção inteira só para tratar delas e que você poderá conferir neste conteúdo.

Quais são as principais causas da perda de dados na empresa?

Antes de mostrar o que pode acontecer com sua empresa — caso você perca dados ou sofra com vazamentos — é importante entender o que gera esse tipo de situação. Mostraremos cada um desses motivos nos próximos tópicos. Continue lendo! 

Vírus e Malware

Um dos principais problemas que geram vazamento de dados é causado por vírus e malwares. Diariamente, as ameaças virtuais estão circulando nos ambientes empresariais que utilizam a internet para vender ou fazer marketing. 

A partir do momento em que muitas empresas passaram a trabalhar no ambiente virtual, também aconteceu o crescimento da preocupação e prevenção contra crimes que acontecem digitalmente.

Infelizmente, diversos portais e banco de dados são invadidos por pessoas mal-intencionadas e a maior parte deles gera prejuízos financeiros consideráveis para os empresários.

Esses ataques cibernéticos têm como objetivos principais o roubo, a violação ou o sequestro de dados sigilosos que são armazenados dentro de seus próprios sistemas ou sites. Esse tipo de ataque pode ser prevenido com mecanismos de defesas que deixam os dados de sua empresa menos vulneráveis a esse tipo de ação.

O grande problema, no entanto, é que da mesma forma que existem sistemas capazes de bloquear a ação de vírus e malwares, também temos pessoas altamente qualificadas trabalhando para burlar esses sistemas avançados de proteção, verdadeiros criminosos que só têm como objetivo capturar esses dados e utilizá-los para obter ganhos financeiros.

Nesse sentido, o empresário não pode ficar parado. Ele deve contar com sistemas avançados para aumentar cada a proteção da sua empresa. Isso pode ser feito utilizando a inteligência artificial para que ela possa aprender os próprios fraudadores e criar mecanismos para evitar suas ações.

Ataques de ransomware

Outro ataque que está diretamente relacionado à vulnerabilidade do seu sistema é baseado nos denominados ransomware. Se trata de um tipo de malware que tem como objetivo criptografar ou impedir o acesso das pessoas a uma grande quantidade de dados de um servidor, sistema ou até mesmo de toda uma rede de Intranet da empresa.

Para que o empresário volte a ter controle de seus dados, os criminosos exigem pagamento de um tipo de resgate — que geralmente é feito por meio de criptomoedas — em troca da senha que libera o acesso às informações furtadas.

Caso o empresário se negue a fazer o pagamento e tente desbloquear seus dados de alguma forma, o criminoso pode perceber essa ação e, simplesmente, removê-los de forma permanente. Em resumo, você teria perdido os seus dados.

Mais uma vez, estamos diante de um problema que pode ser resolvido com a simples adoção de mecanismos capazes de aumentar a proteção dos seus dados, assim como aqueles que protegem essas informações de vírus e outros tipos de malware.

Falha na execução de backups

Quando acontece algum tipo de ataque e os criminosos exigem o pagamento de um resgate para devolver os dados, o problema pode ser resolvido de uma forma mais simples. Basta negligenciar a exigência e fazer a restauração dos dados salvos por meio de backup.

Em seguida, o empresário deve adotar medidas para evitar que esse tipo de problema aconteça mais uma vez. Tudo parece muito simples, mas o grande problema é que a maioria das empresas não se preocupa com a execução periódica de backups dentro do ambiente empresarial.

Da mesma forma que não contar com um antivírus corporativo pode ser extremamente arriscado para empresa, negligenciar o backup também pode ocasionar prejuízos financeiros imensuráveis. Qualquer tipo de invasão que ameace apagar seus dados pode ser resolvida por meio do resgate de um backup mais recente.

Nesse sentido, é importante que a sua empresa tenha uma política de execução desse tipo de salvamento. O ideal é que ele seja feito diariamente ou, se possível, mais de uma vez ao longo do dia.

Os empresários que fazem isso em um período mais esparso correm o risco de perder os dados que foram adicionados ou modificados entre o último backup e o dia em que ocorreu a invasão.

Além de manter uma periodicidade adequada, também é importante que você mantenha seus backups em locais diferentes. Criar uma redundância nesse aspecto aumenta a proteção dos dados mantidos dentro da sua empresa. Afinal, caso ocorra ataques e alguns outros backups tenham sido deteriorados você terá opções diversas para restaurar suas informações.

Porém, vale a pena mencionar que o backup resolverá o problema apenas quando existir ameaça de perda de dados. Quando se trata de mega vazamentos, é importante ter em mente que é necessário evitar que as informações sejam transmitidas na internet, além da própria recuperação delas.

Roubo de equipamentos

Acredite, a invasão de sistemas por meio da internet não é a única forma de fraude nos dados. Esse problema também pode acontecer no caso de roubo de equipamentos. Não é raro encontrar casos de estabelecimentos empresariais que foram arrombados apenas para capturar servidores físicos que estavam armazenados naquele ambiente.

Esse tipo de ação pode ser praticada por criminosos que pretendem ganhar tempo para criar uma estratégia de sequestro de informações. Ou seja, enquanto os empresários estão perdendo tempo descobrindo que o ambiente foi arrombado e os servidores foram furtados, os bandidos estão traçando suas estratégias de extorsão.

No caso da invasão online, o empresário toma conhecimento do acontecido imediatamente, ou seja, no momento em que o sistema para de funcionar. No caso do roubo de equipamentos, isso não existe, afinal, tudo pode acontecer na calada da noite.

Nesse caso, o dispositivo de segurança adequado deve ser implementado no meio físico — tais como: inclusão de alarmes, terceirização da segurança do ambiente entre outras ações que você já deve conhecer.

Falhas na política de segurança

Ainda fora do ambiente digital, temos como motivos para vazamento as próprias falhas na política interna de segurança de dados. Se ela não estiver alinhada à realidade e necessidades do seu negócio, é muito provável que ele esteja mais vulnerável à perda de dados.

É importante ter em mente que a internet pode ser um ambiente hostil nesse sentido, oferecendo muitos riscos para os dados que são armazenados dentro da surpresa. Uma das políticas que devem ser adotadas é a restrição de acesso a determinadas funcionalidades do sistema. 

Também é necessário estipular políticas quanto aos tipos de sites que os funcionários podem acessar nos computadores da empresa. Determinados endereços podem conter vírus ou malwares capazes de fazer o sequestro de dados ao serem acessados. 

A internet está repleta de criminosos aguardando você fazer algo que coloque em risco toda a sua empresa e os dados que são confiados a elas. Nesse sentido, definir uma política interna de segurança da informação é fundamental para organizar a forma em que a tecnologia será utilizada dentro da sua empresa.

Os dados de uma empresa valem ouro e, por isso, devem ser tratados com o máximo de cuidado possível. Isso deve ser repassado aos seus colaboradores para que eles tenham plena ideia do que estão fazendo na internet e como isso pode colocar em risco as informações do seu negócio.

Outro detalhe importante é que a política de proteção de dados deve ser atualizada de acordo com o surgimento de novas fraudes ou a medida em que aumenta a necessidade de potencializar os níveis de segurança dentro da empresa.

Corrupção de dados

A corrupção de dados também é um problema que o empresário deve enfrentar dentro de sua empresa. Infelizmente, existem colaboradores ou pessoas ligadas ao seu negócio que podem ser convencidas por criminosos a cometerem fraudes dentro dos próprios servidores da organização.

A detecção desse tipo de corrupção é muito complicada e, quando o empresário consegue perceber, já é muito tarde. Por isso, é importante analisar as ações dos seus colaboradores de perto e contar com sistemas avançados capazes de detectar movimentações estranhas ou práticas ilícitas antes que elas sejam executadas.

Vazar dados da própria empresa para criminosos também é classificado como um crime e, portanto, deve ser comunicado para que o responsável seja punido de acordo com o que manda a lei. 

Falha humana

Por fim, é muito importante saber que você está lidando com sistemas altamente avançados que são parametrizados para sequestrar dados e proporcionar grandes vazamentos. Muitos deles utilizam tecnologias novas e que nem são conhecidas pelas empresas que trabalham na proteção contra esses crimes.

Se nem mesmo os sistemas avançados são capazes de coibir alguns tipos de ataque, os seres humanos são ainda mais vulneráveis a sofrer com esse tipo de questão. Existem algumas atitudes que podem acontecer inconscientemente e que colocam em risco os dados mantidos em sua empresa. Destacamos algumas delas na lista a seguir:

  • excluir arquivos por acidente;
  • sobrescrever um arquivo em cima do outro;
  • desinstalar acidentalmente aplicativos fundamentais para segurança dos dados;
  • expor equipamentos a agentes degradantes como líquidos ou alimentos;
  • errar com a manutenção preventiva;
  • clicar em links na internet que instalam vírus ou malwares na rede, entre outros. 

A solução para a falha humana sempre deve ser a conscientização de seus colaboradores. Além disso, é importante ter em mente que esse tipo de problema acontece com todas as pessoas, independentemente do grau de instrução ou nível hierárquico dentro de uma organização.

Quais são as consequências da perda de dados para as empresas?

Agora que você entendeu quais são as possibilidades de perda de dados dentro de uma empresa, bem como as formas de coibir muitas delas, mostraremos as consequências que podem ser geradas para quem sofre esse tipo de problema. 

Afinal, conhecer esses prejuízos pode auxiliar o gestor a entender o que deve ser feito para evitar ataques ou se preparar de forma eficiente quando eles acontecerem. Continue lendo!

Consequências empresariais e administrativas

Inicialmente, é importante ter em mente que toda invasão aos seus servidores gerará algum tipo de consequência para suas atividades diárias — sejam elas em maior ou menor grau de impacto. Ao ter sistemas invadidos, todas as aplicações param de funcionar. Se a sua empresa precisa dessas tecnologias para fazer vendas, por exemplo, é possível ter um grande prejuízo na geração de receitas. 

Outro problema grave enfrentado pelos empresários que sofrem ataques está relacionado à rotina de trabalho. Empresas que precisam de dados para fazer ações de marketing ou cuidar da própria administração podem ter complicações sérias ao terem seus dados acessados por criminosos. 

O trabalho fica paralisado até que as informações sejam liberadas. Caso isso não aconteça e a empresa não tenha um bom sistema de backup é possível que o trabalho de um ou mais dias seja perdido, gerando refações, prejudicando o dia a dia e a rotina dos colaboradores.

Consequências jurídicas

Além das consequências administrativas, temos as jurídicas. Nesse ponto, mais uma vez precisamos mencionar a Lei Geral de Proteção de Dados. Ao descuidar das informações dos seus clientes você pode sofrer algumas sanções. 

Elas são bem variadas: em casos mais simples, é possível que sua empresa seja advertida, adicionando um prazo para que sejam adotadas medidas corretivas. Por outro lado, também existe a possibilidade de aplicação de uma multa pesada de 2% do seu faturamento, limitada a R$50.000.000,00 por infração. 

Ainda há a chance de aplicação de multa diária até que o problema seja sanado. A Lei também atribui a possibilidade de suspensão do funcionamento do seu banco de dados e a proibição total ou parcial da captação de informações dos seus clientes. 

Além disso, também não podemos esquecer que a pessoa que se sentir lesada ou ter seus dados vazados pode ingressar com uma ação judicial contra a sua empresa e solicitar indenização por danos morais — até mesmo, materiais, dependendo do caso. 

Afinal, os dados vazados podem ser utilizados pelos criminosos para abrir contas em nome da vítima, contrair empréstimos, abrir empresas e outras ações que geram prejuízos financeiros, e que devem ser ressarcidos por quem permitiu o acontecimento desses crimes. 

Nesse sentido, ao analisar essas consequências graves da perda de dados é importante que você saiba se antecipar a ocorrência desses problemas, mas isso é um assunto para os nossos próximos tópicos. 

Como as empresas podem antecipar essas ocorrências?

A prevenção é a melhor solução para evitar que a perda de dados ocorra dentro de uma empresa. Isso deve ser feito adotando políticas de proteção de informações rígidas. Os seus colaboradores precisam estar atentos a essas medidas e terem consciência do risco que o descuido pode causar. 

Como dissemos, os gestores precisam estar atentos às movimentações estranhas que ocorrem dentro da empresa. Afinal, nem toda falha humana ou tentativa de fraude gera sucesso para os criminosos que tentam sequestrar dados. Voltando a atenção e medidas de segurança para isso é possível criar mecanismos para evitar que elas aconteçam. 

Por fim, também é importante aprender com os erros. No caso de acontecer invasões e vazamentos é necessário estudar quais foram os pontos falhos e adicionar melhorias em seus sistemas de proteção para evitar que elas voltem a acontecer. 

Existem soluções para prevenir fraudes e evitar a perda de dados?

Uma das formas de antecipar a ocorrência de fraudes é utilizar sistemas tecnológicos capazes de evitar a perda de dados — um deles é o backup. Como você já sabe, ele pode ser feito de diversas formas e em períodos diferentes. Existem muitos mecanismos que você pode adotar. Veja abaixo alguns dos principais exemplos:

  • backup na nuvem;
  • servidores ou HDs externos;
  • backup incremental e diferencial;
  • backup completo sintético.

Além disso, é importante que você utilize soluções específicas que são conhecidas como antifraudes. Basicamente, são aplicativos ou sistemas que utilizam Big Data e Inteligência Artificial (AI) para coibir a ação de criminosos. 

No mercado, existe um grande arcabouço de opções para segmentos distintos. Soluções antifraude para e-commerce de todos os tamanhos e segmentos, por exemplo, são indicadas para serviços financeiros com processos presenciais e online, tais como financeiras, cooperativas de crédito, fintechs, administradoras de cartões e seguradoras. 

Também existem soluções específicas para empresas que trabalham com vendas diretas e, até mesmo, telecom. Enfim, não faltam opções para proteção de dados específicas para o seu tipo de negócio, seja ele qual for. 

Como uma empresa especializada pode ajudar nesse sentido?

Diante de tantas opções e soluções diferenciadas que você pode investir para proteger os dados de sua empresa, uma dúvida pode ficar no ar: como implementar a solução mais adequada ao seu negócio? Afinal, nem sempre uma tecnologia que funciona para um segmento pode ser implementada em outro, especialmente, quando se trata de segurança de dados. 

Para resolver esse problema você pode contar com uma empresa especializada nesse tipo de cibersegurança, como a ClearSale, que é especializada em tecnologia antifraude para diversos tipos de negócios. 

Dessa forma, é possível atender a todas as expectativas de seus clientes com relação à segurança sem atritos, com transações seguras e confiáveis. Contar com esse tipo de serviço é um verdadeiro investimento para o seu negócio. Ele é capaz de evitar a perda de alguns milhares de reais com o pagamento de multas e indenizações. 

Além disso, ter esse cuidado também serve como um diferencial perante seu mercado, mostrando que a sua empresa tem a preocupação em manter os dados confiados a ela com o máximo de segurança. 

Como você pode perceber, perdas de dados podem gerar prejuízos consideráveis para uma empresa. Por outro lado, é possível reduzir esse tipo de problema antecipando-se a essas ocorrências e protegendo as informações confiadas ao seu negócio. 

Se você quer saber como lidar com os assuntos citados neste texto, entre em contato conosco. Assim, explicaremos com mais detalhes como podemos ajudar.  

Título