25/03/2022 •
2 min. de leitura

Quanto o chargeback está te custando?

O chargeback tem sido um grande problemas nas empresas que atuam no segmento de e-commerce. Você sabe os prejuízos que ele gera? Confira aqui!

 
 

O chargeback tem sido um grande problema nas empresas que atuam no segmento de e-commerce. Ele ocorre quando o titular de um cartão de crédito ou débito contesta um pagamento junto ao seu banco emissor. 

Isso costuma acontecer, especialmente, quando a pessoa nota algum tipo de movimentação estranha na sua fatura, mas também pode ser motivado por outras causas.

Quando existe uma divergência entre o produto anunciado pelo e-commerce e o que efetivamente foi vendido, também pode acontecer. Na prática, trata-se de um problema de fácil resolução, mas nem sempre a empresa sai ilesa da situação. Além disso, é algo bastante convidativo para criminosos e fraudadores.

Esse conceito foi criado, inicialmente, para servir como uma proteção para o cliente. O chargeback era uma alternativa que as operadoras e bancos tinham para evitar que o titular de um cartão fosse lesado em alguma transação. Ocorre que, para as empresas, esse tipo de processo tem certos custos.

Além disso, criminosos vêm utilizando o chargeback para implementar fraudes em sistemas de pagamentos dos e-commerces. A cada ano, esses fraudadores vêm aproveitando estratégias mais inteligentes e eficazes. 

Neste tipo de golpe, a situação mais comum é a compra e a posterior solicitação de estorno, mesmo com a chegada da mercadoria no endereço do cliente. Assim, além de ter que devolver o pagamento, a empresa perde o produto enviado.

Além das fraudes, a própria solicitação de chargeback, mesmo quando feita corretamente — sem o intuito de fraudar — tem custos para a empresa. Muitos empreendedores do setor de e-commerce não consideram os valores que são perdidos nessas transações.

De fato, podem ser valores pequenos, mas que, com o passar dos tempo e com um grande volume de transações, somam um montante considerável. Foi pensando nisso que resolvemos preparar este conteúdo. Aqui, mostramos como a sua empresa pode estar sofrendo com o chargeback. Entenda!

Quanto-o-chargeback-está-te-custando (2)

 

Título

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.

Assine nossa newsletter

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.