31/07/2020 •
2 min. de leitura

ClearCast: números do e-commerce no segundo trimestre de 2020

André Ricardo Adias, diretor executivo do movimento Compre&Confie, apresenta e analisa os dados mais recentes do relatório Neotrust

 
 

clearcast

A pandemia e o isolamento social trouxeram efeitos negativos para a vida de grande parte dos brasileiros: sob a ótica da economia, a falta de mobilidade social prejudicou muitas companhias, sem perspectivas claras de retomada. Na contramão desse cenário, empresas de tecnologia crescem cada vez mais – o que, dentro do varejo, tem seu equivalente claro com o sucesso do e-commerce.

Longe de ter motivos para se preocupar com falta de dinheiro, o setor faturou R$ 33 bilhões no segundo trimestre deste ano, mais do que o dobro do valor registrado no mesmo período do ano passado (um crescimento de mais de 104%).

Varejo online tem R$ 765 milhões em fraudes evitadas no 1º semestre

O resultado foi apurado pela Neotrust/Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, e apresentado no relatório homônimo, divulgado trimestralmente pela companhia com foco total no varejo eletrônico do país.

Para apresentar e analisar estes e outros dados, convidamos André Ricardo Dias, diretor executivo do movimento Compre&Confie.

Ouça o 7º episódio da 2ª temporada do ClearCast!

Conteúdo relacionado:

Clearcast: conheça casos criativos de fraudes no Brasil

ClearCast: o impacto da quarentena na digitalização das empresas

ClearCast: os maiores desafios do home office na quarentena

ClearCast: as Vendas Diretas e a crise do novo coronavírus

ClearCast: crise do coronavírus faz crescer o número golpes digitais

Título

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.