27/05/2020 •
2 min. de leitura

ClearCast: as Vendas Diretas e a crise do novo coronavírus

Especialistas falam como o setor tem se comportado neste momento e o que tem sido feito para a minimização dos impactos nos resultados

 
 

O mercado de Vendas Diretas precisou se reinventar durante a crise causada pelo novo coronavírus. Afinal de contas, como é possível continuar vendendo em um ramo que é tão conhecido pela relação presencial próxima, sem ferir o distanciamento social tão vital para a saúde de todos neste momento?

Para responder a esta e a outras perguntas tão importantes neste momento, convidamos três especialistas de mercado: Adriana Colloca, presidente executiva da ABEVD (Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas), Pedro Monteiro, gerente de Produtos na Mundipagg, e Rodolfo Restivo Ribeiro, executivo Comercial da ClearSale especializado em Vendas Diretas, para um bate-papo exclusivamente dedicado ao mercado de Vendas Diretas no Brasil.

Por trazer um conteúdo bastante relevante para o momento pelo qual o mundo passa, este conteúdo, inicialmente apresentado como um webinar no dia 14/05, foi adaptado para ser, também, um podcast sobre o mercado de Vendas Diretas e a crise do novo coronavírus.

Ouça o segundo episódio da nova temporada do ClearCast!

Conteúdo relacionado:

Como a tecnologia impacta positivamente as vendas diretas

Inadimplência x Fraude: conheças as diferenças

Mercado de venda direta é opção ao desemprego no Brasil

Inovar é questão de vida ou morte nos negócios hoje em dia

Converse agora com os nossos especialistas antifraude:

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.