4/12/2019 •
2 min. de leitura

Black Friday e Cyber Monday: ClearSale e Compre&Confie divulgam relatório final

E-commerce faturou R$ 5,96 bilhões, enquanto o prejuízo evitado com fraudes cresceu 38,6%. Estudo considera vendas feitas de quinta (28) a segunda (2)

 
 

O varejo online tem motivos de sobra para comemorar os bons resultados da Black Friday e da Cyber Monday. Um levantamento realizado pelo Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, mostra que ambas as datas movimentaram R$ 5,96 bilhões de quinta-feira (28/11) a segunda-feira (02/12). O valor representa aumento de 35,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Nos quatro dias de vendas, segundo levantamento da ClearSale, empresa especialista em antifraude, o prejuízo evitado com fraudes aumentou 38,6% e a companhia colaborou para garantir mais segurança nas transações, com R$ 39,7 milhões de fraudes evitadas.

Clique aqui para baixar o relatório completo

“Nos últimos meses, acompanhamos o forte planejamento dos varejistas online para obter sucesso com ambas as datas. Durante os dias de promoções, os sites de e-commerce conseguiram comprovar que excelente estrutura tecnológica, preços promocionais reais e processos operacionais bem executados foram fundamentais para obtenção de recordes em vendas para grande parte dos varejistas online”, destaca André Dias, diretor executivo do Compre&Confie.

O aumento está relacionado principalmente ao maior volume de compras realizadas este ano. De acordo com o Compre&Confie, 10,58 milhões de pedidos foram feitos na Black Friday e Cyber Monday, número que representa um aumento de 35% em relação ao mesmo período de 2018.

Já o tíquete médio se manteve praticamente estável em relação ao ano passado. Em média, consumidores gastaram R$ 563,40 nas compras, valor apenas 0,3% maior do que o registrado no ano anterior.

Frete

No período de quinta-feira a segunda-feira, o frete grátis esteve presente em 57% dos pedidos de compra feitos, enquanto o frete pago foi registrado nos demais 43%. O valor médio pago pelos consumidores foi de R$ 21,60, valor que representa queda de 36,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

“A concentração de frete grátis ante o pago durante a Black Friday e Cyber Monday representa um comportamento atípico. Além das promoções ofertadas, vale lembrar que colabora para isso a quantidade de pedidos registrados com retirada em loja, que passou de uma participação de 4,5% das compras feitas para 5,5% este ano”, finaliza Dias.

Fraudes

Alinhado com o aumento das compras no período, os prejuízos evitados no e-commerce também foram maiores este ano. Nos quatro dias, de acordo com levantamento da ClearSale, os prejuízos evitados com fraudes no e-commerce cresceram 38,6%, com R$ 39,7 milhões de fraudes evitadas.

“Os celulares costumam ser os itens com maior índice de tentativa de fraudes, seguido pelo segmento de games e bebidas. Produtos que têm grande valor agregado e são fáceis de serem revendidos são os preferidos pelos fraudadores”, explica Omar Jarouche, diretor de Soluções da ClearSale.

Na análise por região, o Sudeste liderou as fraudes evitadas, com R$ 20,8 milhões e crescimento de 30% em relação a 2018. O Nordeste ficou em segundo lugar com R$ 3,8 milhões e alta de 65,4%. Em terceiro lugar está o Centro-Oeste, com R$ 3,8 milhões e crescimento de 35%. O Sul e o Norte ficaram em quarto e quinto lugar, com R$ 3 milhões e alta de 36,4% e R$ 2,3 milhões e mais de 36,7% de fraudes evitadas do que em 2018, respectivamente.

Compras por regiões

Dos 10,58 milhões de pedidos realizados nacionalmente, a maior parte esteve concentrada no Sudeste (65,5%), porcentual idêntico ao registrado no mesmo período do ano passado. Em seguida, estão: Sul (13,9%), Nordeste (13,1%), Centro-Oeste (5,6%). Por último, o Norte (2%), que apesar de ocupar a quinta posição, registrou crescimento representativo em relação a 2018.

“Apesar da representatividade ainda baixa quando comparada às demais regiões, o Norte registrou crescimento expressivo, de mais de 40% nas vendas on-line da Black Friday e Cyber Monday este ano. É um comportamento que deve evoluir continuamente, trazendo cada vez mais visibilidade à região”, destaca Dias.

No Sudeste, responsável por concentrar a maior parte do consumo, os Estados que mais consumiram foram: São Paulo (4,2 milhões de compras feitas no período), Rio de Janeiro (1,3 milhão) e Minas Gerais (1,2 milhão).

Sobre o Compre&Confie:

O Compre&Confie é uma nova empresa da ClearSale, referência em inteligência de mercado e líder no mercado antifraude para e-commerce. A companhia monitora vendas reais de mais de 80% do varejo digital brasileiro e tem o objetivo de gerar a maior rede de confiança online do Brasil por meio de produtos para varejistas (B2B) e consumidores (B2C).

Para os consumidores, a companhia oferece um serviço 100% gratuito por meio do aplicativo Compre & Confie. Com ele, é possível monitorar o uso do CPF nas compras realizadas no mercado online e notificar compras indevidas. Também é possível ter acesso a pesquisas de satisfação para avaliar a experiência de compra em lojas online e, a partir das respostas, receber cupons e concorrer a prêmios semanais.

Com foco no varejo, indústria e mídia, o Compre&Confie oferece uma metodologia de captura de dados de vendas online em tempo real para que seja possível acompanhar as vendas no comércio eletrônico de maneira muito precisa. Além disso, os varejistas online são beneficiados com um selo de reputação, obtido pela avaliação dos consumidores online.

Sobre a ClearSale

Somos líderes em soluções antifraude nos mais diversos segmentos do mercado. Proteger bons clientes, gerar confiança com consumidores e evitar prejuízos são os motores que impulsionam o serviço de prevenção a fraudes prestado pela ClearSale. Há mais de 18 anos, oferecemos soluções para o varejo digital e online, bancos e financeiras, seguradoras, telecomunicações e vendas diretas –, com foco contínuo no aumento da taxa de aprovação, no menor chargeback e no maior ROI do mercado.

Conteúdo relacionado:

Conheça algumas tendências do comércio mobile para 2020

ClearSale participa de relatório sobre tendências de fraude no e-commerce

Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD): tudo o que você precisa saber

Engenharia Social: o que é, tipos de ataque, técnicas e como se proteger

Converse agora com os nossos especialistas em segurança:

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.