8/12/2021 •
2 min. de leitura

Qual a importância das verificações de CNPJ no processo de onboarding?

 
 

Verificar o CNPJ é uma tarefa essencial para toda empresa, e realizá-la antes mesmo de se envolver, isto é, ainda no processo de onboarding, é uma excelente forma de evitar possíveis problemas futuros, como a fraude financeira.

Pensando na relevância desse assunto e na forma como ele impacta o dia a dia de muitas companhias, resolvemos escrever este artigo. Nele, você entenderá o que significa a sigla e qual a importância das verificações de CNPJ no processo de onboarding. Continue lendo!

O que é CNPJ?

CNPJ é a sigla para Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, e precisa ser solicitado por todos que desejam empreender, ou seja, exercer alguma atividade comercial no país. Esses números identificam uma organização perante a Receita Federal, assim como o CPF para pessoas físicas.

E qual a importância das verificações de CNPJ no onboarding?

Para começar, o principal é garantir que o fraudador será barrado logo na porta de entrada e não após alguma transação realizada, como, por exemplo, uma compra em um e-commerce que resulta em um chargeback.

Sendo assim, para a segurança é primordial que todas as organizações verifiquem qual a situação do CNPJ, certificando se a instituição está ativa ou inativa e as pendências financeiras.

Mas, alguns outros fatores relevantes precisam ser destacados. São eles:

• Checar inadimplência

Saber com quem está se relacionando é sempre fundamental, certo? No caso de empresas, não é diferente. Ficar por dentro do gerenciamento de dívidas é uma excelente maneira de conhecer os riscos que corre e de não se envolver em um relacionamento com aqueles que não arcam com seus compromissos.

Enfim, a importância de barrar o fraudador já no onboarding é para garantir a diminuição da inadimplência causada por empresas fraudadoras.

Inclusive, vale destacar que, segundo a ACFE (Association of Certified Fraud Examiners), um caso típico de fraude demora +14 meses para ser detectado, o que faz com que uma empresa cause bastante prejuízo pra quem está negociando com ela antes de ser detectada como fraudulenta.

• Verificar as situações de fraude

As companhias não estão livres de fraudes. Logo, para diminuir os riscos de se envolver com empresas laranjas ou que fazem lavagem de dinheiro, o ideal é verificar o CNPJ no site da Receita Federal e ficar atento para discrepâncias.

Analisar com calma cada detalhe ajuda a evitar envolvimento com entidades que não estão de acordo com as normas legislativas do país. Desta forma protegerá sua organização de empreendedores que visam prejudicar o trabalho dos outros.

• Avaliação do empreendimento

Lidar com transparência é algo crucial para um bom negócio. Logo, checar todo o histórico da empresa e dos sócios, ajuda a evitar perda financeira e garantir compliance. Em outras palavras, é saber com quem está negociando e se está de acordo com o que você considera correto.

Por fim, também é imprescindível saber que, quando o CNPJ apresenta problemas legais, os investidores não conseguem realizar suas obrigações.

Conheça o Business Trust

Utilizando uma base de dados robusta, toda a expertise da ClearSale e diferentes produtos para apoiar a análise de empresas por meio do comportamento do CNPJ e dos CPFs dos relacionados, o Business Trust entrega Insights, Scores e Grupo de Risco como insumos para a melhor tomada de decisão.

Fácil e intuitiva, a utilização da plataforma dispensa grandes esforços e investimentos em desenvolvimento de tecnologia para o seu uso no dia a dia. Em outras palavras, é a solução ideal para você garantir a proteção do seu negócio.

Visite a página do Business Trust

Gostou do post? Então, aproveite para assinar nossa newsletter e saber mais a respeito desse e de outros assuntos!

Título