7/10/2019 •
2 min. de leitura

O impacto da plataforma no tráfego orgânico e na segurança de lojas virtuais

 

Por auxiliar em questões de SEO e até mesmo no combate a fraudes, escolher parceiros especializados pode ser a chave de sucesso de um e-commerce

 

 

Resumo do post:

- Comércio eletrônico precisa se destacar em buscadores da web

- O que são fatores importantes para a busca do Google

- Como a plataforma ajuda neste processo

- Parâmetros já validados pelo próprio Google

*Da comunicação da Tray Corp

Atualmente, a maioria dos lojistas já entendeu qual é o passo a passo básico para o desenvolvimento de uma estratégia de SEO. Em menor ou maior grau de complexidade, uma parte considerável das lojas virtuais atuais já fazem esforços de busca e análise de palavras-chave, criação de conteúdo para páginas de produtos e preenchimento de informações em metatags, como title e description.

A maturidade do mercado diante das otimizações para mecanismos de buscas tornou esse cenário muito mais competitivo e desafiador. Assim, quem deseja se destacar nas primeiras posições de ranqueamento no Google — que é hoje o principal canal de buscas no mundo — precisa ir um pouco além e começar a se preocupar com aspectos mais técnicos da arquitetura e da segurança do site. E é aí que entra a importância da plataforma de e-commerce.

O que são fatores de ranqueamento para o Google?

Falar de SEO é praticamente o mesmo que falar de Google. A sigla, que vem do inglês Search Engine Optimization, abrange um conjunto de práticas que devem ser seguidas para que um site tenha um bom desempenho nos mecanismos de buscas.

De acordo com o portal StatCounter Global Stats, em julho de 2019, o Google era responsável por 92,18% de todo o mercado de pesquisa mundial. Assim, é fundamental levar em consideração os critérios desse buscador na sua estratégia.

Estima-se que existam mais de 200 fatores diferentes que definem o ranqueamento na página de resultados do Google, chamada de SERP (Search Engine Results Page). Como a lista exata não é divulgada publicamente e esses elementos estão sempre mudando, é necessário acompanhar constantemente as tendências e fazer ações corretivas a partir das alterações nos resultados da sua loja.

A boa notícia é que mesmo os fatores de ranqueamento sendo secretos, muitos profissionais de marketing já conseguiram descobrir, por meio de experimentos comprovados, boas práticas que têm o poder de impactar positivamente o desempenho de um site no Google.

Enquanto alguns já são bastante conhecidos — como uso de palavras-chave e preenchimento de metatags —, outros, como segurança, por exemplo, ainda são bastante negligenciados e, por isso mesmo, podem fazer toda a diferença.

Nesse sentido, para ir além da fórmula básica, a arquitetura e a segurança de um site têm grande impacto nos resultados de SEO. Em tempos nos quais a maioria das marcas já investe em criação de conteúdo personalizado, contar com uma plataforma que atenda às exigências do Google pode representar um grande diferencial.

Como a plataforma impacta no SEO e na segurança da loja?

Se você pretende sair na frente na corrida pelas primeiras posições em páginas de pesquisa, é fundamental avaliar os aspectos abaixo.

Estrutura do código-fonte

A maneira como o código-fonte de um site é estruturado tem se provado, repetidas vezes, como um importante fator na hora de ranquear na página de resultados do Google.

Plataformas de e-commerce que optam por um código limpo, de fácil compreensão e fortemente baseado em HTML tendem a ter vantagem nessa questão.

Tempo de carregamento

A velocidade de carregamento da página tem sido outro elemento determinante na hora de conquistar as primeiras colocações na SERP.

Isso acontece porque páginas lentas e que demoram para carregar prejudicam fortemente a experiência do usuário, causando insatisfação e uma elevada taxa de rejeição. De acordo com um levantamento feito pela empresa líder do segmento de pesquisas, 53% dos visitantes mobile abandonam uma página se ela demorar mais de três segundos para carregar.

Responsividade

Com a absoluta popularização dos smartphones e da internet móvel, os dispositivos móveis têm ganhado cada vez mais importância na jornada de compra dos clientes. Assim, hoje é imprescindível que um site — principalmente no caso de um e-commerce — apresente adaptação mobile e boa navegação nesse canal.

E essa tendência vai além: muitas empresas têm adotado o conceito de mobile first, projetando suas páginas não só para se adaptarem a esse tipo de dispositivo, mas para priorizarem esse tipo de navegação.

O próprio Google já divulgou, inclusive, prioridade na indexação de versões mobile dos portais.

Segurança

Outro ponto diretamente ligado à plataforma de e-commerce escolhida é a segurança.

No comércio eletrônico, essa é uma preocupação que ultrapassa o SEO, passa por diminuição dos prejuízos com fraudes e consequente aumento da lucratividade, e chega ao ponto de questões legais, principalmente após a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados.

Assim, além de uma necessidade de atender à legislação, ter uma loja segura, que conte com parceiros especializados em gestão de risco e combate a fraudes, é um pré-requisito para transmitir credibilidade aos consumidores e também aos mecanismos de buscas, sem falar da preservação de bons consumidores e no oferecimento da melhor experiência de usuário.

Não é à toa que, desde 2014, a segurança esse passou a ser oficialmente considerada um importante fator de ranqueamento.

Validação do Google

Muito mais do que apenas estimativas, a maioria desses elementos já foi oficialmente confirmada pelo próprio Google como importantes no processo de classificação de um site na página de resultados do buscador.

Portanto, é muito importante verificar se sua plataforma de e-commerce atual segue estes parâmetros e se preocupa em manter-se atualizada diante das regras da companhia, que estão em constante transformação. Essa, sem dúvidas, pode ser a diferença entre uma estratégia limitada de SEO e uma que, aliada a um trabalho bem-feito de conteúdo, pode trazer resultados inestimáveis para seu e-commerce.

Sobre a Tray Corp

Parte do Grupo Locaweb e integrante da divisão corporativa da Tray, a Tray Corp oferece, por meio da tecnologia FBITS, uma plataforma de e-commerce personalizada, integrada e escalável, o que faz dela a opção definitiva para sua loja virtual.

Conteúdo relacionado:

Por que escolher a ClearSale como parceira antifraude em seu negócio

ClearSale palestra sobre o cenário de marketplace no e-commerce brasileiro

Como se preparar para a Black Friday: seis dicas para seu e-commerce

ClearSale patrocina e participa da primeira edição do Expo Magalu

Título

Escrito por

Posts de convidados da Clearsale.