5/12/2022 •
2 min. de leitura

5 dicas para aumentar as vendas no e-commerce

Qual a relação entre o aumento de vendas no e-commerce e o uso de soluções antifraude? Confira nosso artigo e descubra!

 
 

Quem atua com vendas no e-commerce sabe que a adesão das pessoas está em aumento constante. Graças à tecnologia e às soluções de segurança online, adquirir produtos e serviços em lojas virtuais tornou-se bastante confiável, com a certeza de que os pedidos chegarão aos seus respectivos destinos.

Para se ter uma ideia, nos cinco primeiros meses de 2022, o e-commerce teve um aumento de 785% nas vendas, em comparação ao período pré-pandemia, segundo estudo da SmartHint. E não para por aí: o relatório The Global Payments Report 2022 estima que o mercado de e-commerce deve crescer 95% no Brasil até 2025, respondendo por um faturamento de US$79 bilhões.

Quer uma fatia desse bolo para sua empresa? Então, veja algumas estratégias para vender mais e fidelizar clientes.

1. Selecione as melhores opções de frete

Fretes altos espantam os clientes, fazendo-os comprar em estabelecimentos físicos próximos de casa. Dito isso, é crucial o lojista oferecer um leque de opções, de modo que os consumidores escolham a opção que melhor lhes agrada.

Existem muitas possibilidades de evitar a perda de vendas, como o envio de brindes e a implementação de algum plano de fidelidade, sendo um exemplo isentar o consumidor de pagar frete se ele compra a partir de determinado valor.

2. Faça promoções

Muitas vezes, uma loja online possui um ou outro produto com pouca rotatividade. Para que ele possa ser vendido, fazer promoções é uma alternativa interessante, e até mesmo itens com alta rotatividade podem ser inseridos nessa estratégia, visando expandir a base de clientes da loja virtual.

Não é raro o consumidor deixar de comprar um produto por ele estar com um preço acima de suas atuais condições financeiras. Nesse sentido, fazer promoções com uma certa frequência pode ajudar bastante a trazer vantagem competitiva ao e-commerce.

3. Mantenha a lista de produtos atualizada

Para o cliente, é muito ruim escolher um produto no site e depois ver que ele está indisponível. É fundamental que o lojista esteja atento à atualização da sua lista de produtos, pois isso ajuda a manter o potencial de vendas elevado.

Apresentar novidades sempre que possível também conta muito, pois isso mostra que a loja está preocupada em se diversificar, visando atrair novos compradores e fidelizar aqueles que já estão em sua base.

4. Esteja presente nas redes sociais

Hoje em dia, dificilmente alguém não acessa as redes sociais. Plataformas como Facebook e Instagram são uma excelente oportunidade de realizar vendas no e-commerce, considerando o grande volume de usuários.

Ter um perfil com fotos e um ponto de contato eficiente faz toda a diferença. Em outras palavras, não adianta criar uma página e não ter alguém gerenciando, respondendo às dúvidas dos consumidores.

A regularidade de postagem dos conteúdos também é fundamental. Quando o potencial cliente entra no perfil e vê que algo foi publicado há pouco tempo, as chances dele se interessar pelo produto podem aumentar. Do contrário, ele pode achar que a página foi abandonada e não ficará ali por muito tempo.

Vale destacar também a importância de estar em várias redes sociais ao mesmo tempo e integrar a comunicação. Na prática, isso consiste em adotar a estratégia omnichannel, responsável por estabelecer um contato e um atendimento mais eficientes ao público. Procure saber em quais plataformas o seu cliente está e pense em um meio de integrá-las, pois isso ajudará a mantê-lo por perto, com chances reais de comprar um produto da sua loja.

5. Invista no marketing digital

Usando uma boa estratégia de marketing digital, o seu e-commerce tem tudo para deslanchar. Muito mais do que produzir conteúdo, a ideia é fazer algo direcionado às pessoas certas, por meio dos tráfegos orgânico e pago. Em outras palavras, os clientes precisam conhecer o seu negócio, de modo que a busca por melhor posicionamento em mecanismos de busca como o Google é essencial.

Para isso, existe uma sigla que representa esse melhor posicionamento no Google: o SEO, ou Search Engine Optimization. Basicamente, consiste em usar palavras-chaves específicas que podem ser digitadas pelos usuários em uma busca. Por meio de algoritmos de ranqueamento, os conteúdos mais relevantes são mostrados primeiro, sendo uma estratégia cujo alcance é de médio a longo prazo.

Já o tráfego pago tende a trazer resultados mais rápidos, pelo fato de os resultados de busca aparecerem antes dos orgânicos ou gratuitos. De toda forma, o uso de palavras-chaves permanece válido, cabendo ao e-commerce saber quais termos são mais buscados pela sua audiência.

Além disso, é importante fazer o SEO de modo a saber as intenções de compra dos clientes. Imagine o seguinte exemplo: se alguém digita "marketing digital" no Google, infere-se que a pessoa esteja atrás de conhecer o assunto. Por outro lado, se ela digita "curso de marketing digital", trata-se de uma pesquisa mais direcionada, inclusive com um volume de buscas menor. Além do SEO, outras maneiras de implementar o marketing digital no e-commerce são:

  • usar listas de e-mail para personalizar a comunicação com o público;
  • estar presente nas redes sociais e interagir com a audiência;
  • usar recursos de design e copywriting, sendo este a produção de texto com a finalidade de conduzir o consumidor a uma ação específica, como a compra de um produto.

6 - Conte com um com antifraude para aumentar as vendas

Ter uma solução antifraude ajuda bastante o negócio online a vender mais. Isso porque a inteligência dos dados passa a entrar em ação, reconhecendo e separando os bons clientes dos criminosos, o que gera mais aprovação e impede que pessoas má intencionadas façam negócio com a sua loja virtual. Por meio de uma análise inclusiva, é possível ao e-commerce também a redução dos prejuízos de chargeback.

Além de transmitir mais confiança ao consumidor, ter uma solução antifraude pode trazer vantagem em relação à concorrência. Com a transformação digital, as empresas precisam sempre se reinventar, caso queiram manter os seus clientes fiéis ao negócio. Nesse sentido, investir em soluções robustas para evitar operações ilícitas tende a trazer muitos ganhos ao e-commerce.

Se você deseja aumentar as vendas no e-commerce, seguir estas dicas é fundamental. A ClearSale é uma empresa que atua no segmento de antifraude, por meio de uma inteligência de dados capaz de agregar valor ao negócio.

Gostou do texto? Aproveite a visita ao blog para conhecer o antifraude da ClearSale!

Título

Escrito por

A ClearSale é especialista em soluções antifraude nos mais diversos segmentos, como e-commerce, mercado financeiro, vendas diretas, telecomunicações e seguros, sendo pioneira no mapeamento do comportamento do consumidor digital. A empresa equilibra tecnologia e profissionais especializados para entregar os melhores indicadores aos clientes e movimentar o mercado com segurança e confiança.

Assine nossa newsletter

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.