27/04/2020 •
2 min. de leitura

ClearSale é destaque em relatório mundial de sucesso de fintechs

Estudo realizado por publicação inglesa sobre tecnologia no mercado financeiro cita a ClearSale como referência em soluções antifraude

 
 

O mercado financeiro tem sido terreno fértil para as fintechs, startups do setor que propõem modelos de negócio inovadores e disruptivos. E a ClearSale tem orgulho em poder oferecer soluções antifraude modernas também para este segmento de atuação.


Fintechs poderão emitir cartões de crédito. Saiba como evitar fraudes

Em um levantamento publicado no último dia 21/04, a Finextra, principal fonte de notícias e informações independentes para a comunidade mundial de tecnologia financeira, faz uma análise completa do mercado fincaneiro brasileiro e elenca as fintechs que mais têm feito sucesso no país. A ClearSale aparece como destaque no combate a fraudes no segmento.

Crescimento com segurança

A cibersegurança é apontada no estudo como um dos principais desafios para as fintechs brasileiras em 2020. Principalmente com a iminência do open banking, a proteção de dados e o combate aos fraudadores, ainda segundo o estudo, é uma preocupação latente, e que deve permear o dia a dia das fintechs que buscam aproveitar o cenário favorável e ainda muito promissor que se tem hoje no Brasil.

fraude-emissao-cartao-online

Vale lembrar que, atendendo a uma recomendação recente do Banco Central, o Conselho Monetário Nacional autorizou, no fim de março, fintechs de crédito que operam como Sociedades de Crédito Direto a emitir cartões de crédito aos consumidores, o que traz ainda mais importância a soluções antifraude eficientes para o segmento.

Atuação da ClearSale atende plenamente às normas da LGPD

Estudos recentes de consultorias especializadas mostram que os investimentos das instituições financeiras em soluções contra fraudes de identidade, uma das mais comuns do setor, vão chegar a US$ 10,4 bilhões até 2023.

O mercado para fintechs no Brasil

Segundo matéria da revista Exame, o Fintech Mining Report contabilizou 550 fintechs pelo Brasil em 2019, sendo 231 delas criadas nos últimos dois anos. As startups do setor financeiro foram divididas em 14 áreas de atuação: Backoffice, Câmbio, Cartões, Crédito, Criptomoedas, Crowdfunding, Dívidas, Fidelização, Finanças pessoais, Investimentos, Meios de Pagamento, Compliance, Serviços Digitais e Tecnologia.

A maior parte das fintechs está na categoria Meios de Pagamento, o que inclui automação de processos de boletos e cobranças, facilitação de pagamento via mobile e soluções de pagamento no ponto de venda, como maquininhas de cartão. Em seguida, vêm as fintechs de Crédito, Backoffice, Compliance e Criptomoedas, respectivamente.

Mais sobre a Finextra

A Finextra cobre todas as notícias importantes do mundo sobre tecnologia nos bancos de atacado e varejo, mercado de capitais e seguros. A Finextra também publica uma ampla variedade de artigos de pesquisa, recursos e estudos de caso.

Converse agora com os nossos especialistas em segurança:

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.