6/11/2023 • 6 min. de leitura

Revolução financeira e experiência do cliente: como as mudanças afetam os consumidores

A revolução financeira em curso tem gerado grandes transformações no cenário econômico, redefinindo não apenas a forma como as instituições financeiras operam, mas também como os consumidores interagem com seus serviços. 

Neste contexto dinâmico, a experiência do cliente se torna essencial, influenciando diretamente a relação entre empresas e consumidores. 

Dessa forma, o artigo buscará explorar de que forma as mudanças no setor financeiro estão afetando os consumidores e como as organizações estão se adaptando para atender às crescentes expectativas dos clientes, proporcionando uma experiência financeira cada vez mais personalizada e eficiente.

 

A evolução da experiência financeira

A evolução da revolução financeira tem sido notável, impulsionada principalmente pelo avanço tecnológico e mudanças nas regulamentações financeiras. Antigamente, os serviços financeiros eram tradicionalmente prestados por bancos físicos, com processos burocráticos e limitadas opções de escolha. No entanto, a ascensão das fintechs, a automação de processos e a digitalização das transações financeiras revolucionaram esse cenário.

A crescente acessibilidade a serviços financeiros através de dispositivos móveis e a internet também tornaram as operações bancárias mais convenientes e ágeis. Além disso, a expansão das criptomoedas e das tecnologias blockchain trouxe uma nova dimensão ao setor financeiro, desafiando as normas estabelecidas.

Esses são apenas alguns dos tópicos que têm moldado as expectativas dos consumidores, que desejam e buscam por serviços financeiros mais rápidos e acessíveis, com experiências personalizadas. Desejam também maior transparência, segurança e conveniência em suas transações. 

Além disso, a crescente conscientização sobre a importância da sustentabilidade financeira e investimentos éticos também está moldando as expectativas dos consumidores, levando as instituições financeiras a considerar aspectos ESG (ambientais, sociais e de governança) em seus produtos e serviços.

 

Inovações trazidas pela revolução financeira que têm impactado na experiência do cliente:

  • Pagamentos digitais: o aumento de carteiras digitais, aplicativos e sistemas de pagamento por aproximação (NFC) tornou os pagamentos mais rápidos e convenientes. Exemplos incluem o Apple Pay, Google Pay e serviços como o PayPal, que permitem aos consumidores realizar pagamentos digitais, sem a necessidade de dinheiro físico ou cartões.
  • Personalização de serviços: As instituições financeiras estão utilizando análises de dados avançadas e inteligência artificial para personalizar os serviços financeiros. Isso inclui a oferta de recomendações de investimento personalizadas, cartões de crédito com benefícios adaptados ao perfil do cliente e até mesmo assistentes virtuais que fornecem orientações financeiras específicas.

Leia mais no Blog sobre como a inteligência artificial e análise humana são equilíbrio fundamental no combate à fraude

  • Acesso a serviços variados: plataformas de investimento online passaram a democratizar o acesso aos mercados financeiros, permitindo que os clientes negociem ações e investimentos com baixas taxas ou até mesmo sem comissões. Além disso, a oferta de produtos financeiros, como seguros, empréstimos e investimentos, por meio de aplicativos e sites, tornou mais fácil para os consumidores encontrar e adquirir os serviços que precisam.
  • Integração de serviços financeiros: Muitas empresas estão buscando integrar serviços financeiros em um único aplicativo ou plataforma. Por exemplo, aplicativos de banco digital oferecem não apenas contas correntes, mas também opções de investimento, seguros e até mesmo serviços de planejamento financeiro, tudo em um só lugar.

 

Desafios para os consumidores devido às mudanças na indústria financeira

À medida que a indústria financeira passa por mudanças significativas, os consumidores também enfrentam desafios importantes, como:    

 

Segurança cibernética

Com a digitalização dos serviços financeiros, os consumidores estão cada vez mais expostos a ameaças cibernéticas, como hackers e phishing. Manter informações financeiras seguras é uma preocupação constante.

 

Privacidade dos dados

A coleta e  uso de dados pessoais pelas instituições financeiras levantam preocupações sobre a privacidade. Os consumidores precisam estar atentos às políticas de privacidade e ao compartilhamento de informações.

 

Alto volume de informações

A disponibilidade de informações financeiras em tempo real pode ser esmagadora. Os consumidores precisam aprender a gerenciar e interpretar essa abundância de informações.

 

Exposição a riscos financeiros

Acesso facilitado a investimentos, incluindo criptomoedas, pode expor os consumidores a riscos financeiros significativos, especialmente se não estiverem bem informados.

 

Desafios regulatórios

As regulamentações em constante evolução podem tornar complicado entender as implicações legais e fiscais de certas transações financeiras.

 

Acesso equitativo

Embora a revolução financeira tenha trazido muitos benefícios, é importante garantir que todos os segmentos da sociedade tenham acesso equitativo a esses serviços, independentemente de seu nível de acesso à tecnologia.

 

Desigualdade financeira

A revolução financeira pode acentuar a desigualdade, com alguns consumidores se beneficiando mais do que outros devido a fatores como acesso limitado à tecnologia ou falta de educação financeira.
    
Para enfrentar esses desafios, os consumidores precisam cada vez mais ser proativos em relação à sua educação financeira, tomar medidas para proteger suas informações pessoais, estar cientes das regulamentações relevantes e considerar cuidadosamente suas decisões financeiras em um ambiente em constante evolução.

 

Como criar experiências positivas para os clientes em meio a revolução financeira


Criar experiências positivas para os clientes em meio à revolução financeira é uma prioridade para as instituições financeiras. 

Um dos primeiros pontos é sempre buscar conveniência. Os clientes esperam poder realizar transações com maior facilidade, seja através de aplicativos, sites intuitivos ou atendimento rápido. Isso envolve simplificar processos, como abrir contas ou fazer pagamentos, para garantir que os clientes tenham experiências sem atritos.

Além disso, a personalização desempenha um papel crucial. Os consumidores buscam sentir que suas necessidades individuais são supridas e atendidas. Dessa forma, utilizar a análise de dados para oferecer produtos financeiros relevantes e conselhos personalizados pode ser uma saída. A IA e o aprendizado de máquina também podem ser ferramentas valiosas nesse processo, auxiliando as instituições financeiras a compreender melhor o comportamento do cliente.

A transparência é ponto essencial para manter a experiência do cliente positiva. Com o acesso a informação cada vez mais facilitado, quem consome o serviço quer entender exatamente o que está consumindo. Por isso, é necessário explicar claramente sobre as taxas, os riscos e os termos desses serviços ou produtos financeiros. Manter uma comunicação aberta e transparente, seja sobre políticas de privacidade ou termos de empréstimo, constrói a confiança do cliente.

A educação financeira também desempenha um papel vital, pois os consumidores precisam estar capacitados com o conhecimento necessário para tomar decisões informadas. Isso pode ser alcançado a partir de recursos educacionais acessíveis, semelhantes a tutoriais em vídeo, webinars ou guias interativos.

Por fim, a segurança é uma prioridade inegociável. Com a crescente digitalização, manter a segurança dos dados do cliente é crucial. Por isso, investir em soluções que protejam os dados, autenticação em duas etapas e medidas de segurança cibernética é essencial para garantir que os clientes confiem em suas instituições financeiras.

Leia mais no Blog da ClearSale sobre segurança cibernética no setor financeiro

 

 

Escrito por

A ClearSale é especialista em soluções antifraude nos mais diversos segmentos, como e-commerce, mercado financeiro, vendas diretas, telecomunicações e seguros, sendo pioneira no mapeamento do comportamento do consumidor digital. A empresa equilibra tecnologia e profissionais especializados para entregar os melhores indicadores aos clientes e movimentar o mercado com segurança e confiança.

Assine nossa newsletter

Leitura em Libras