29/11/2018 •
2 min. de leitura

Como o Score CPF ajuda a evitar inadimplência? Veja aqui!

Além de ser aliada no combate a fraudes, ferramenta pode ajudar empresas nas melhores decisões sobre crédito

 

A importância do combate a fraudes na concessão de crédito vai além de simplesmente evitar prejuízos. Quando a abordagem oferecida por um fornecedor realmente especializado permite conhecer os consumidores com maior clareza, também é possível saber melhor as condições sob as quais é possível conceder o crédito, o que torna a ação mais responsável e, consequentemente, diminui a taxa de inadimplência.

Muito além do que acontece em uma análise de crédito convencional ou em um serviço simples de Score CPF, produtos como o Digital Trust Index, da ClearSale, levam em consideração o dinamismo do mundo digital para entender o comportamento dos consumidores de maneira ampla e muito eficiente.

Com isso, as empresas podem tomar decisões mais seguras no que diz respeito à concessão de crédito, podendo aumentar o número de aprovações e diminuir os prejuízos, oferecendo crédito condizente com as possibilidades de seus clientes e impedindo que bons consumidores tenham recursos negados indevidamente.

O que é Score CPF convencional?

O conceito de Score CPF ainda pode causar certa confusão entre consumidores, que muitas vezes se perguntam o que é isso, para que serve, como funciona e como ele pode interferir na vida de uma pessoa comum.

Basicamente, o score CPF convencional é um resultado numérico que se obtém em um cálculo que analisa os hábitos de pagamento e a forma como o cidadão se relaciona com o mercado de crédito ao longo de sua vida.

Por meio deste score, muitas empresas do mercado financeiro montam suas bases de análise para a concessão de crédito. Este número pode definir o limite do valor a ser oferecido, a taxa de juros a ser aplicada, o tempo para pagamento, etc.

Como é mensurado o Score CPF?

Para medir o Score CPF, alguns cálculos são necessários. De maneira geral, pode-se dizer que quanto mais transações financeiras realizadas e pagas em dia uma pessoa tiver, maior será o seu Score, o que é muito bom. É como se a pessoa ganhasse pontos positivos a cada pagamento feito em dia.

Este número serve para que pessoas físicas tenham credibilidade no mercado de crédito, podendo conseguir, inclusive, financiamentos com juros mais baixos. A lógica é relativamente simples: se o Score é alto, a reputação é boa e, consequentemente, o risco de inadimplência é baixo, e uma empresa pode confiar mais no pagamento em dia.

Score CPF e Digital Trust Index: conheça especificidades

Antes de tudo, é preciso deixar claro que os produtos são diferentes. Enquanto o Score CPF fica limitado a gerar uma nota que considera, basicamente, o histórico de pagamentos do consumidor, o Digital Trust Index é uma solução completa, que gera um score de confiança digital do CPF para ajudar empresas na decisão de liberar de crédito aos seus clientes, sem que haja um grande risco de inadimplência embutido na transação.

O Digital Trust Index foi pensando para resolver problemas de empresas que, assim como clientes, buscam maior segurança e processos descomplicados na hora de solicitar e oferecer crédito. Por isso, o Digital Trust Index simplifica o desbloqueio ao crédito.

Qual é a utilidade do Digital Trust Index?

O Digital Trust Index usa uma análise absolutamente dinâmica e eficiente para ajudar empresas na melhor tomada de decisão para concessões de crédito, diminuindo o risco de inadimplência e evitando atritos com bons consumidores.

Como gerenciar seu Score e seu Digital Trust Index

Para estar sempre com um bom score CPF, é fundamental a adoção de uma vida financeira saudável. Muitas vezes, os objetivos de consumo de uma pessoa estão diretamente ligados à possibilidade de obtenção de crédito, que se torna mais fácil e barata a partir de um score positivo do CPF.

E é neste momento que o Digital Trust Index é fundamental para empresas que trabalham na concessão de crédito: Como tem uma visão mais ampla do comportamento de consumo no mundo digital, o Digital Trust Index possibilita maior precisão e, portanto, decisões mais arrojadas em uma relação que acaba, invariavelmente, protegendo os bons consumidores.

Score CPF não é tão completo quanto o Digital Trust Index

Apesar de serem produtos que, na prática, podem se complementar, é inegável que o Digital Trust Index consegue ir além do Score CPF. Isso é possível porque o Digital Trust Index conta toda a riqueza do data lake da ClearSale, o que possibilita uma análise mais rica e eficiente para a tomada de decisão por parte de uma financeira ou emissora de cartão de crédito.

Na prática, essa diferença é fundamental quando se pensa, por exemplo, em um consumidor com CPF negativado. Pelo Score CPF, esta pessoa dificilmente seria aprovada para obtenção de crédito.

No entanto, o Digital Trust Index – que ajuda a gestão antifraude - é capaz de entender que, apesar da negativação do CPF, em determinado contexto a pessoa pode ser uma boa pagadora, pois o produto é capaz de enxergar além da simplicidade de um dado, considerando, também, toda a reputação do consumidor no mundo digital.

Quais são os diferenciais do Digital Trust Index

O Digital Trust Index é o único produto do mercado que entrega um score de crédito que enxerga a reputação do consumidor no mundo digital. Ele atribui um índice de confiabilidade ao consumidor, com base no histórico em diferentes mercados e na análise de uma série de contextos em busca de atributos de bons consumidores.

Com uma visão ampla do comportamento do consumidor no mundo digital, é possível ser mais eficaz na concessão de crédito, reduzir a inadimplência e evitar prejuízos decorrentes da reprovação de clientes que são perfeitamente elegíveis à concessão do crédito.

Conteúdo relacionado:

Saiba O que é o Digital Trust Index

Conheça e entenda o Behavior Score

Veja o que é e saiba como utilizar o Score de Fraude

Saiba mais sobre o Digital Trust Index

Título

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.