6/10/2022 •
2 min. de leitura

Setor de eventos no Brasil pós-pandemia, quais são as tendências?

Segurança e velocidade: veja um panorama completo do setor de eventos no Brasil durante e após a pandemia.

 
 

A pandemia da Covid-19 criou uma série de perturbações no mercado, diminuindo a produtividade, impactando setores e, até mesmo, elevando o número de fraudes. Segmentos como serviços, entretenimento, aviação e hotelaria foram os mais prejudicados. Por isso, elaboramos este post para falar sobre a retomada do setor de eventos no Brasil pós-pandemia.

Aqui, mostraremos como esse setor está se recuperando em altíssima velocidade. Com a retirada das restrições, tanto o setor de eventos como aqueles que se beneficiam de seu crescimento (hotelaria, aviação, serviços e entretenimento) estão, novamente, voltando ao patamar em que estavam antes da pandemia. Então, não perca tempo e acompanhe!

O efeito da pandemia sobre o setor de eventos no Brasil

A pandemia teve um efeito catastrófico, transformador e global. Nunca na história da humanidade houve um salto tão rápido em termos de adaptação e transformação digital. Da noite para o dia, as empresas entraram em modo de sobrevivência e reconheceram que a única forma de permanecer no mercado era investindo em tecnologia aplicada — e isso vale para todos os setores.

De imobiliárias a restaurantes, de escolas a corretoras, de concessionárias a academias: todo mundo precisou se adaptar ao novo mercado, agindo em conformidade com as regras, adotando ferramentas para seguir operando e estancando o prejuízo inerente à queda do consumo.

No entanto, existiu um segmento particularmente afetado, o setor de eventos. A pandemia, acompanhada das muitas restrições de distanciamento social, atacou justamente o core de qualquer negócio nesse setor, que é a confraternização das pessoas. Para quem atuava, atuou e atua nesse segmento, foi um pesadelo empresarial.

Diferentemente de outros empreendimentos, o setor de eventos não conseguiu se adaptar tão facilmente com o uso das tecnologias disponíveis. Concessionárias e imobiliárias investiram em realidade virtual e fotogrametria para oferecer tours virtuais na experiência com veículos e automóveis. O setor de eventos não podia simplesmente colocar uma “festa” em videoconferência.

Houveram tentativas, claro, mas nada que se comparasse à qualidade da experiência presencial. Ainda assim, o setor “sobreviveu” com a realização de eventos nos nichos corporativos e educacionais, que se adequaram muito bem à proposta digital. Os webinars — seminários por transmissão ao vivo — explodiram em popularidade durante esse período.

Mas, apenas agora, em meados de 2022, que este setor está retornando à sua produtividade anterior à pandemia. Com a flexibilização das normas a nível municipal, estadual e federal, os empreendimentos estão voltando à ativa, mas com um grande diferencial, que é o maior uso da tecnologia, desde a venda de ingressos pela internet até o pagamento online.

A retomada e as tendências para o setor de eventos no Brasil

A menos que uma nova pandemia aconteça ainda este ano, 2022 tem tudo para ser o ano dos eventos presenciais. Há uma demanda muito grande por parte da sociedade, que está sedenta por confraternização. Por conta disso, há uma pressão muito forte para realização de eventos, preferencialmente, no formato presencial. Agora, conheça as tendências para esse setor pós-pandemia!

Eventos híbridos

No entanto, como destacamos no tópico anterior, este setor está voltando renovado. Um exemplo disso é a popularização dos eventos híbridos, que podem ser acompanhados tanto presencial quanto digitalmente. Assim, é possível garantir o faturamento da lotação presencial e expandir a rentabilidade ao oferecer um número ilimitado de ingressos para acompanhar digitalmente.

Modernização antifraude

Simultânea a essa modernização dos eventos, é uma preocupação crescente com a segurança digital, visto que a pandemia elevou o número de fraudes. Mais do que nunca, as empresas estão buscando tecnologias práticas para garantir a venda, a autenticação e o acesso aos seus eventos — o que pode ser feito com excelência com o Total Tickets da ClearSale.

Além de ser a solução mais robusta, o Total Tickets é a tecnologia definitiva para quem busca elevar a aprovação do maior número de pedidos, ao mesmo tempo que reduz o chargeback e se proporciona uma experiência incrível para o cliente — não por acaso, é visto como a melhor solução deste mercado, com mais de 375 milhões de transações analisadas apenas em 2021.

Eventos corporativos presenciais

Deixando o entretenimento de lado, existe outro nicho que vai “voltar com tudo” para o campo presencial, que são os eventos corporativos. Nesse setor, o networking é um dos fatores mais atrativos para comparecer nesses eventos, pois ajudam a construir excelentes conexões, parcerias e oportunidades de negócio — o que é praticamente impossível nos eventos online.

Apenas em 2022, existiram inúmeras iniciativas retornando nesse formato, como o VTEX Day, o Fórum ECBR 2022, a Febraban Tech 2022 e o South Summit 2022. E esses são apenas alguns exemplos. Fora do setor tecnológico, especialmente no segmento financeiro, foram inúmeros eventos realizados em 2022, aproveitando a flexibilização das normas.

Compliance reforçada

Mas é importante notar que “flexibilização das normas” não é o mesmo que a revogação completa das normas. Na realidade, em muitas cidades e estados, ainda existem regras pontuais para a realização dos eventos e verificação dos participantes. Por isso, o setor está mais do que adaptado, combinando tecnologia aplicada e compliance para seguir operando no mercado.

Eventos online

Por fim, ainda que o evento presencial seja a estrela do ano, e os híbridos a tendência da vez, os eventos online seguirão tendo espaço no mercado. Afinal de contas, para alguns setores, especialmente o educacional, o formato é muito prático e pertinente, pois oferece uma experiência de boa qualidade a todos os participantes.

Em eventos educacionais, embora o networking seja um diferencial importante, ele não costuma ser o ponto focal dessas realizações, tal como é nos eventos corporativos. Por isso, os educacionais acabaram se adaptando com maior facilidade aos desafios da pandemia, a ponto de seguir nesse formato mesmo após a flexibilização das regras municipais, estaduais e federais.

O setor de eventos atravessou um período sombrio durante os intervalos mais críticos da pandemia, o que, naturalmente, resultou no encerramento de milhares de negócios. Agora, o segmento passa por um momento de adaptação, investimento e reabertura, acelerando rapidamente ao patamar pré-pandemia.

Agora que você conhece um panorama completo do setor de eventos no Brasil, aproveite o momento para aprender mais sobre uma das tecnologias mais importantes desse período: o pagamento online.

Título

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.

Escrito por

A ClearSale é especialista em soluções antifraude nos mais diversos segmentos, como e-commerce, mercado financeiro, vendas diretas, telecomunicações e seguros, sendo pioneira no mapeamento do comportamento do consumidor digital. A empresa equilibra tecnologia e profissionais especializados para entregar os melhores indicadores aos clientes e movimentar o mercado com segurança e confiança.

Assine nossa newsletter

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.