23/01/2020 •
2 min. de leitura

ClearSale evita R$ 1,9 bilhão em prejuízos com fraudes em 2019

 

Valor aumentou 36% em relação a 2018. Saiba o que motivou o crescimento e confira outros números referentes a 2019

 

 

Resumo do post:

- Cresce o valor de fraudes evitadas em 2019

- Motivos deste crescimento

A ClearSale, empresa líder em soluções antifraude nos mais diversos segmentos, evitou mais de R$ 1,9 bilhão em fraudes no e-commerce em 2019 no comércio brasileiro. O valor é 36% superior ao registrado em 2018. De janeiro a dezembro do ano passado, foram analisados mais de 185 milhões de pedidos, totalizando R$ 75 bilhões.

“Atualizamos e ajustamos constantemente nossos modelos de análises antifraude, tanto com a utilização de novas tecnologias, como o uso de novos elementos de inteligência de estatística. Isso possibilita aprimorarmos o perfil de comportamento de compras dos clientes e a identificarmos vulnerabilidades nos processos de compras”, explica Omar Jarouche, diretor de Marketing e Soluções da ClearSale.

O resultado é reflexo tanto no maior número de pedidos, crescimento de 28% em relação a 2018, como do aperfeiçoamento constante nos processos antifraude realizados pela ClearSale. A operação da companhia garante maior segurança para as empresas que trabalham com vendas, analisando os dados de compras e identificando possíveis fraudadores antes mesmo da compra ser aprovada.

Hoje, a base da ClearSale monitora cerca de 85% do varejo digital e recebe dados em tempo real a respeito das transações feitas em todo o país.

Conteúdo relacionado:

NRF 2020: cibersegurança está na pauta do maior evento de varejo

E-commerce fatura R$ 14,1 bi no Natal e evita R$ 292,5 milhões em fraudes

Prevenção eficiente contra fraudes requer a gestão dos indicadores corretos

Conheça algumas tendências do comércio mobile para 2020

Título

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.