18/08/2021 •
2 min. de leitura

Fique por dentro das inovações tecnológicas para combater fraudes

 
 

As fraudes e os riscos de ataques virtuais estão se proliferando em uma velocidade cada vez maior. Com a dependência que as empresas têm de soluções digitais, criminosos enxergam oportunidades para explorar tentativas de obter lucros fáceis e indevidos. Contudo, crescem também as inovações tecnológicas que visam a proteger as corporações e as pessoas.

Aliás, tão diversas quanto o conjunto de técnicas para ataques e fraudes são as abordagens tecnológicas de proteção. Por isso, é fundamental entender como elas funcionam e ter uma visão geral das aplicações tecnológicas para o combate a esses problemas. Neste post, falaremos mais sobre esse assunto. Confira!

Os desafios diários que as empresas enfrentam

Com o aumento do uso da Internet e de ferramentas digitais, as fraudes também aumentaram consideravelmente. As ocorrências se tornaram mais frequentes e complexas, já que há a adoção de ferramentas e soluções digitais avançadas. Diante disso, as companhias que precisam de segurança se deparam com novos desafios.

À medida que surgem novas tecnologias, como a autenticação por biometria, porém, surgem também métodos de burlar as barreiras naturais. Desse modo, os ataques coordenados se tornam mais precisos e técnicos e, assim, mais difíceis de gerenciar e de evitar.

Ademais, vale mencionar que o mundo da transformação digital está gerando alterações na postura dos próprios consumidores. Esse cenário é o que força as empresas a se adaptarem e a ajustarem os seus processos e as suas abordagens, inclusive, com a implementação de novas soluções. Contudo, quando essa transição é feita sem o devido cuidado, pode ser uma porta cheia de novas oportunidades para os criminosos.

Além disso, existe uma maior pressão agora sobre os profissionais que lidam com a segurança de dados e com o combate a fraudes. É preciso entregar resultados rápidos, manter uma proteção proativa e combater impactos negativos antes que se alastrem. Por essa razão, torna-se ainda mais importante e necessário conhecer as novas tecnologias de prevenção, que visam a automatizar o controle e o monitoramento, como as que desenvolveremos no próximo tópico.

A atuação da tecnologia dentro desse contexto

Agora, vamos analisar cada uma das tecnologias que atuam fortemente na prevenção e no controle de riscos. Veja a seguir!

Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial (IA) tem sido aplicada com sucesso com a finalidade de evitar ameaças em diversos âmbitos. Com as suas ramificações famosas, o machine learning e o deep learning, a IA cria modelos que aprendem sobre os padrões de fraudes e de ocorrências ilegais para serem capazes de identificar essas situações de forma preventiva com certo grau probabilístico.

Nesse tipo de sistema, é necessário haver uma base de dados com fraudes e crimes que já ocorreram, uma espécie de base histórica. Com ela, é possível realizar buscas por correlações e padrões a partir de cálculos matemáticos e estatísticos diversos. Quanto maior ela for, melhor será a previsão dos algoritmos.

É possível variar também com relação à abordagem usada, de modo a obter melhores resultados sempre. Com os dados fornecidos como insights, a gestão de combate a riscos pode tomar melhores decisões e antecipar-se ao trabalho dos criminosos.

Biometria de voz

A biometria de voz é outro meio interessante para o controle de fraudes, principalmente em autenticações bancárias. Trata-se de uma aplicação de machine learning também, mas diferente do aprendizado focado em classificação tradicional, como o que já mencionamos. Nesse caso, o foco é identificar padrões no som da voz, uma aplicação do que chamamos de reconhecimento de voz.

Geralmente, utilizam-se algoritmos robustos para isso, como as redes neurais. Isso porque, com elas, o aprendizado é automatizado para oferecer maior precisão, com uma espécie de análise em conjunto, em vez de uma análise isolada, como ocorre com outras técnicas. Quanto maior a precisão, mais segurança e menos problemas relacionados a crimes são acarretados.

Verificação de antecedentes

Outra abordagem muito importante é a verificação de antecedentes, ou o background check. Trata-se de uma avaliação completa do histórico e de informações relacionadas à vida de uma pessoa antes de uma transação, negociação ou permissão de uso de serviços. Com essa análise, a empresa evita negociar com pessoas mal-intencionadas que já ofereceram problemas no passado.

O check ocorre com uma completa vistoria de bancos de dados diversos em busca de informações financeiras, criminais e registros do indivíduo. Além disso, considera blacklists de outras instituições e até scores que já foram concedidos para aquele comprador.

Big Data Analytics

O uso dos dados em massa é uma tendência poderosa para automatizar a análise e otimizar a precisão das conclusões. Os dados amparam as decisões, pois permitem uma avaliação mais completa e profunda do histórico. Com eles, é viável realizar as descritivas, as preditivas, que conseguem antecipar problemas prováveis, e as prescritivas, que estabelecem ações fundamentais a serem tomadas.

A automação é fundamental, pois essas bases são imensas e representam uma chance praticamente impossível de análise para os humanos. Destacam-se nesse sentido as análises de Data Trust também. Elas realizam investigações sobre os candidatos a aprovações financeiras em busca de índices que os definam e que estabeleçam a probabilidade de inadimplência. Nesse caso, o Big Data atua em harmonia com as ferramentas de verificação de antecedentes.

Monitoramento constante

Para garantir o máximo de proteção e eficácia no combate a fraudes, o monitoramento constante é necessário também. Atualmente, as tecnologias de monitoramento estão cada vez mais avançadas e constituem, portanto, uma inovação.

Existem soluções focadas em evitar phishing, em combater takedown, bem como em lidar com o vazamento de informações sigilosas. Elas permitem analisar as ameaças e buscar indícios de que elas estejam ocorrendo, de modo a ligar alertas para as pessoas.

A importância do apoio especializado

Diante do que falamos, é importante ressaltar a relevância de contar com um apoio especializado e técnico na prevenção a fraudes e na implantação de soluções como as discutidas. Para aproveitar as inovações tecnológicas, é fundamental contratar empresas com um bom suporte, com experiência e com foco assistencial e personalizado, que considerem as necessidades do negócio. Ademais, é crucial atentar ao leque de tecnologias utilizadas, de modo a obter maior precisão nas análises e nas conclusões.

As inovações tecnológicas para combate a riscos no mundo virtual só crescem e se fortalecem a cada dia. Diante disso, é necessário estar atualizado com relação às novas tecnologias e buscar entender melhor como elas funcionam. A partir dessa postura, as empresas eliminam os problemas na gestão das ameaças e atuam com inteligência no cotidiano.

E então? Este conteúdo foi útil? Compartilhe-o em suas redes sociais e ajude-nos a disseminar essas informações!

Título

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.