4/01/2022 •
2 min. de leitura

Confira 9 tendências do comportamento do consumidor online

Afinal, como entender o comportamento do consumidor? Confira as principais dicas neste artigo.

 
 

Entender o comportamento do consumidor é um dos principais desafios nos últimos tempos. Afinal, as pessoas vêm mudando bastante os seus hábitos de compra e, por isso, sua empresa precisa estar alinhada a eles para ter sucesso.

Ao entender as demandas, desejos e medos do seu público, você pode oferecer soluções que suprem diretamente essas necessidades. Assim, a marca conquista um lugar na mente do consumidor e cria um diferencial.

Neste artigo, mostraremos nove tendências do comportamento do consumidor. Ao entendê-las, você terá um arsenal de informações em suas mãos para aumentar as vendas. Continue lendo!

1. Valorização da experiência do cliente

Uma das primeiras tendências do mercado online é que os clientes valorizam o relacionamento com a marca. Dessa forma, as empresas precisam oferecer um atendimento e produtos com uma qualidade capaz de encantar uma pessoa e provocar nela o desejo de fazer novas compras.

Desenvolver uma boa experiência em seus consumidores favorece a conversão de vendas e a fidelização dos clientes, potencializando a recompra e ajudando o negócio a crescer.

2. Consumo utilizando tecnologias mobile

Outra tendência percebida no mercado online é a força do e-commerce móvel, também chamado de mobile commerce ou m-commerce. Esse processo vem junto a uma onda de mudanças proporcionadas pelo consumidor 4.0. O conceito preconiza a utilização cada vez mais ativa da tecnologia, que possibilita o acesso a produtos e serviços na palma da mão.

Para confirmar essa informação, basta fazer uma autoanálise: quantas vezes, por exemplo, você já comprou ou pesquisou alguma coisa pelo celular?

Nesse sentido, o e-commerce que não adequar o seu site para ser utilizado em dispositivos móveis pode correr um sério risco de perder uma fatia significativa do mercado. Afinal, as compras feitas pelo celular já ultrapassam mais da metade das vendas do universo online.

3. Uso do omnichannel

O omnichannel consiste no atendimento em diversos canais, de forma integrada. Um exemplo: a pessoa pode ver um produto no Instagram, tirar dúvidas sobre ele por meio do WhatsApp, comprar pelo site e retirar em uma loja física.

Por isso, a velha prática de disponibilizar apenas um método de fazer contato com os clientes já não funciona no cenário atual. Desse modo, a empresa deve olhar para o cliente para determinar quais canais de comunicação utilizará.

Inclusive, o omnichannel pode impactar consideravelmente a sua taxa de conversão em vendas. Isso porque, ao facilitar o contato com seu consumidor, você tem mais chances de explicar sobre os seus produtos, eliminar barreiras e concretizar uma negociação.

4. Foco no cliente

As instituições também devem estar atentas ao aumento das exigências do cliente, que precisa estar no centro. Ultimamente, as pessoas buscam por um atendimento personalizado, que atenda às suas demandas, e um pós-venda eficiente, que solucione eventuais problemas.

Logo, é preciso desenvolver métodos para colocar o consumidor como foco das ações de marketing, atendimento e vendas.

5. Humanização

A humanização também é um conceito que vem ganhando força no comércio online. Durante anos, as práticas desse setor eram mais automatizadas. Atualmente, o mercado tem mudado e as pessoas estão dando preferência ao atendimento humanizado.

Prova disso é que, apesar de desejarem agilidade, os consumidores não querem mais falar com máquinas por telefone, pressionar várias teclas e repetir os mesmos dados inúmeras vezes.

Assim, você precisa incrementar seus processos automatizados de atendimento com uma interação humana ou mesmo com tecnologias que capazes de trazer individualização ao serviço.

6. Preferência por produtos personalizados

A preferência pela personalização dos produtos também é uma forte tendência do comportamento do consumidor online. Aqui, estamos tratando de itens que oferecem soluções personalizadas e específicas.

Além disso, é interessante customizar as características de alguns itens. Alguns exemplos são a cor de acessórios ou alguma mensagem referente ao usuário. Ao fazer isso, você criará exclusividade para seus produtos, agregando valor perante os olhos do consumidor.

7. Sustentabilidade

A sustentabilidade é um tema que vem sendo amplamente discutido em diversos setores da economia. Mesmo que a sua empresa não atue diretamente com questões que interfiram no meio ambiente, é importante ter atenção aos novos conceitos.

Elementos como: a neutralização de carbono, responsabilidade ambiental e com a comunidade e até mesmo a inclusão social, podem ser implementados por qualquer marca. Independentemente do seu segmento de atuação, essas ações devem ser encaradas como tendências no comportamento do consumidor.

Afinal, os negócios preocupados com a sustentabilidade e o seu papel na redução dos impactos ambientais que a sua atividade gera têm um aumento de credibilidade. Consequentemente, você passa uma mensagem para o mercado de que o seu e-commerce está preocupado com as mudanças climáticas e pronto para os novos desafios relacionados ao meio ambiente.

8. Segurança

A preocupação com segurança também é uma tendência do consumidor online. Todos querem ter seus dados pessoais e de pagamentos devidamente protegidos, evitando vazamentos e o uso indevido.

Esse tema tem ganhado ainda mais expressividade por conta do crescimento do e-commerce, que acentuou as preocupações com a segurança nas transações. Nesse sentido, a empresa deve contar com sistemas que garantam a proteção dos dados de seus clientes para que eles façam suas compras com tranquilidade.

Assim, adotar tecnologia antifraude e outros processos que garantam a proteção desses dados é o melhor caminho a seguir. E isso é essencial tanto para evitar o desgaste com algum consumidor que teve suas informações vazados quanto para blindar sua empresa das penalidades provenientes das novas legislações que cuidam da proteção de dados pessoais, como a LGPD.

9. Atendimento personalizado

Por fim, temos o atendimento personalizado como uma das principais tendências do comportamento do consumidor online. Esse processo vem na esteira do atendimento humanizado e omnichannel. 

As empresas que treinam seus atendentes para oferecer um atendimento personalizado são capazes de suprir necessidades muito específicas dos consumidores. Desse modo, você consegue eliminar objeções com mais facilidade e abrir os caminhos para que um potencial comprador se torne um cliente fiel do seu estabelecimento.

Esse tipo de atendimento se faz oferecendo liberdade ao cliente para escolher como ele deseja ser atendido. Além disso, oferecer uma opção personalizada demanda um levantamento de informações sobre o seu público-alvo. Ou seja, antes de oferecer qualquer alternativa, é importante entender como cada um quer ser atendido.

Ao compreender as principais tendências do comportamento do consumidor online, você conseguirá oferecer soluções que atendam a necessidades específicas. Dessa forma, conquistará uma fatia considerável do mercado, refletindo positivamente nos seus resultados.

Gostou deste artigo? Então, que tal continuar lendo sobre outros temas importantes para o desenvolvimento do seu negócio? Aproveite a sua visita no blog para conferir o que é Behavior Analytics e quais são seus principais benefícios.

Título

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.