30/12/2021 •
2 min. de leitura

Dark web: entenda o que é e quais são seus riscos

Você conhece a dark web? Conheça mais sobre o conceito e como ela pode interferir o seu negócio.

 
 

Você sabe o que é dark web? Se você está no grupo das pessoas que nunca viu, nem acessou, mas já ouviu falar - e tem muita curiosidade em saber mais sobre o assunto - continue lendo este artigo que vamos explicar tudo o que você precisa saber!

Em resumo, trata-se de um cantinho secreto da internet que vem despertando cada vez mais a curiosidade das pessoas, principalmente por conta de todo o mistério que o cerca.

O problema é que, diante disso, aquele ditado popular que diz que 'a curiosidade matou o gato' faz todo sentido. Esse pedaço oculto da internet é realmente perigoso, uma vez que tem características que o tornam o reduto perfeito para crimes e práticas ilegais, que vão desde fraudes, pedofilia, comércio de drogas etc.

Neste artigo, mostraremos o conceito de dark web, como ela é utilizada de forma irregular e os riscos que pode gerar aos negócios. Continue lendo!

O que é dark web?

Muitos já tiveram curiosidade de entender o que é essa tal dark web. Contudo, as pessoas têm receio de se aprofundar no assunto. Afinal, trata-se de um ambiente obscuro que pode ser confundindo facilmente com tentativas de cometer atos criminosos.

Basicamente, trata-se de uma fatia da internet que não pode ser acessada por um navegador comum. Isso justamente porque nela existem materiais que configuram crimes virtuais e outros elementos muito pesados.

E quando falamos muito pesados, não é exagero. Para você ter uma ideia, nela é possível encontrar vídeos de tortura, contratar assassinos profissionais, comprar e vender drogas e muito mais!

É importante saber que a entrada na dark web se dá por meio de softwares específicos. Por isso, dificilmente uma pessoa comum que navega tranquilamente pela internet tem acesso a essas informações.

Assim, ela é usada por criminosos para acobertar práticas ilícitas, capturar informações de usuários desavisados e utilizá-las para obter vantagem financeira indevida.

Qual é a diferença entre dark web e deep web?

Muita gente confunde a dark web com a deep web. Porém, existem diferenças que colocam esses conceitos em situação de oposição. Enquanto o primeiro se refere a um ambiente obscuro que contém práticas estranhas e criminosas, o segundo tem relação aos conteúdos postados diariamente na internet.

É impossível acessar a deep web com um navegador tradicional, desses que você instala em seu computador ou smartphone. Isso porque se trata de uma base de dados tão ampla que seria inconcebível determinar quantas páginas ou sites estariam ativos simultaneamente.

Podemos entender esse processo fazendo uma analogia com um iceberg. A deep web seria a maior parte, que está afundada na água. O que nós temos acesso ao entrar em um site é só a ponta de um emaranhado de dados que compõem as informações utilizadas diariamente por milhões de pessoas.

Já a dark web é uma parte pequena da deep web, que contém esses conteúdos potencialmente lesivos e ilícitos.

Como a dark web é utilizada de forma irregular?

Trata-se de um ambiente propício para o cometimento de crimes, bem como para esconder a identidade de um criminoso. Por exemplo, nesse local é possível encontrar postagens e sites com discursos de ódio, pedofilia, indução à criminalidade etc.

Além disso, ela pode ser utilizada para capturar dados de acessos a contas bancárias, aplicando golpes que podem gerar prejuízos financeiros graves para o negócio.

Os crimes relacionados à dark web podem ocorrer propositalmente ou não. Para que você entenda melhor, vamos trazer a situação para o contexto das organizações: em um crime proposital, uma pessoa de dentro do seu negócio pode acessá-la, utilizar informações da empresa e espalhá-las nessa rede. No segundo caso, o acesso pode ser movido por curiosidade, sem a intenção de cometer crimes, porém, pode terminar fazendo com que um colaborador ou até mesmo o empresário seja lesado e tenha prejuízos.

Quais são os riscos que a dark web oferece para os negócios?

Agora, mostraremos quais são os riscos que isso pode gerar para um negócio. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

CPF vazado na internet

Um dos primeiros riscos é o vazamento de CPF e outros dados sensíveis dos seus clientes ou colaboradores na internet. Nesse sentido, é importante entender que isso pode gerar prejuízos que ultrapassam a barreira do seu negócio, uma vez que essas ações alcançam seus clientes.

Isso faz com que seu negócio perca credibilidade perante o mercado. E tem mais, sua empresa pode ser penalizada severamente caso informações sigilosas ou sensíveis dos seus clientes sejam vazados na dark web.

A preocupação se tornou ainda maior com as obrigatoriedades relacionadas à segurança no tratamento e armazenamento de dados em decorrência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que, inclusive, colocou em foco o consentimento das pessoas. Agora, os usuários devem concordar quanto ao uso de seus dados e entender como eles serão utilizados.

Caso algum tipo de informação pessoal, como o CPF seja vazado, a empresa pode ser multada em 2% do seu faturamento, limitado a R$ 50 milhões. Por fim, a organização pode ter outras penalidades e bloqueios. Sendo assim, é essencial ter esses cuidados para não cair em golpes na internet.

Malwares e ransomwares

Outro risco que pode ser gerado é o surgimento de malwares e ransomwares em sua empresa. Com o crescimento da exposição de negócios de diversos portes à internet, o número de ataques cresceu muito nos últimos anos.

Os malwares ou ransomwares utilizam informações confidenciais das companhias que podem ser vendidas ilegalmente na dark web. Os cibercriminosos estão se organizando cada vez mais, chegando a vender pacotes de vírus que têm suporte técnico e diversos meios de pagamentos.

Isso mostra a que ponto os criminosos chegaram. Como você pode ver, as práticas executadas vêm se transformando em um comércio ilegal e muito perigoso.

Para se ter uma ideia, existem golpistas que oferecem até mesmo um manual sobre como utilizar esses dados para ajudar pessoas mal-intencionadas a cometer diversos tipos de fraudes e outros crimes.

Nesse sentido, você deve adotar medidas de segurança na sua empresa para proteger e evitar o vazamento de dados. Também é fundamental orientar a sua equipe quanto ao acesso a sites ou sistemas que conectam o usuário com a dark web.

Saber o que é dark web é fundamental para evitar problemas em seu empreendimento. Dessa forma, você pode implementar medidas de inteligência para prevenir esse tipo de prática ilegal. Isso é importante visto que os prejuízos gerados podem ser consideráveis, tanto para você quanto para seus clientes.

Gostou deste artigo? Que tal continuar lendo sobre outros assuntos importantes relacionados à segurança do seu negócio? Então, confira tudo que você precisa saber sobre a Threat Intelligence, que funciona como uma espécie de plataforma contra ameaças.

Título

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.