14/12/2022 • 5 min. de leitura

Quick commerce: o que é e como vai impactar seu negócio

Vamos falar a verdade? Apesar de questões como preço, disponibilidade de produtos e até frete serem muito importantes para o consumidor, quando o assunto é compra pela internet, atributos como a velocidade de entrega têm um grande papel na escolha.

Nesse sentido, o e-commerce tem procurado evoluir, por isso modelos de negócio como o quick commerce começam a ganhar força em várias partes do mundo e não falta muito para que chegue em grande escala no Brasil. Mas do que se trata?

Neste texto, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre quick commerce. Confira!

O que é quick commerce?

O comércio rápido, ou quick commerce, se caracteriza por ser uma compra online em que o tipo de entrega é muito rápido. Nada de um dia ou seis horas: as entregas no modelo "quick commerce" são feitas de 15 minutos a uma hora.

No entanto, é importante ressaltar que esse serviço ainda não está disponível para todos os tipos de produtos. A maioria das empresas que trabalham com o modelo quick commerce vendem bens essenciais, como alimentos e mantimentos.

Como funciona o quick commerce?

O processo é bem simples: o cliente faz o pedido online, a loja recebe e encaminha para o funcionário responsável por preparar a encomenda. Na sequência, a mercadoria é levada para a transportadora.

É um processo sem muita diferença da entrega normal feita por um e-commerce. No entanto, a principal distinção está no local em que a mercadoria é preparada, chamado de Dark Store. 

Trata-se de um espaço fundamental para viabilizar esse tipo de entrega. É um espaço específico para o armazenamento, a separação e o envio, em que ficam todos os produtos da loja virtual da empresa.

Esse local é menor e fechado, com permissão apenas para que os funcionários responsáveis pela encomenda transitem. Além disso, é muito importante que esteja localizado em grandes centros com fácil acesso às ruas para que seja possível a entrega em pouco tempo.

Outra característica é em relação aos tipos de produtos, já que há mais especificidade nas mercadorias, até para ajudar no controle do que é transportado. Logo, alimentos perecíveis e frescos são comuns, além de uma gestão maior do estoque.

Quais são as vantagens do quick commerce?

O quick commerce possui o benefício de juntar a praticidade do e-commerce com uma entrega instantânea, quase como se o consumidor fosse à loja física e levasse o produto na hora.

No entanto, além disso, é um modelo de entrega que proporciona muitos outros benefícios para os varejistas, principalmente, quando pensamos na satisfação do cliente. Vamos apresentar os principais. Confira!

Aumento de conversão

A possibilidade de enviar as encomendas em questão de minutos é uma das principais características do quick commerce e também uma grande ponte de atração para os consumidores. Quando se trata de internet, quanto mais rápido é o envio, mais os clientes se sentem atraídos para comprar na loja, por isso, esse modelo se torna uma ótima ferramenta de conversão.

Fidelização

Claro que só uma entrega rápida não é suficiente para trazer atenção e engajamento para um negócio. Contudo, é evidente como essa é uma característica bastante crucial para a escolha de muitos consumidores.

Afinal, mesmo com um bom atendimento e disponibilidade de produtos, todos sabem o quanto é estressante não ter a sua compra em um curto período. Esse fator, inclusive, pode ser decisivo para que o comprador feche o carrinho ou devolva a compra. Sendo assim, ter uma entrega rápida é um elemento crucial para não só conquistar clientes, mas torná-los fiéis.

Menos desperdícios

A oferta dos produtos é outro ponto importante para a implementação do quick commerce, afinal, para efetuar a entrega rápida, é essencial ter uma quantidade de mercadorias suficiente para comportar os pedidos no tempo certo. 

Por isso, não há condições para desperdícios, tudo é organizado para atender à demanda do período, além de que a oferta é adaptada para garantir os itens mais procurados pelos compradores.

Como aproveitar esse modelo?

Existem algumas medidas que podem ajudar a implementar esse modelo no seu negócio. Claro que é importante lembrar que é uma ideia que ainda não funciona para todos os produtos, especialmente, aqueles que precisam ser fabricados, como artigos personalizados.

Com isso em mente, existem três maneiras de aproveitar esse modelo. Veja!

Tenha uma gestão eficiente

Especialmente quando se trata de estoque, armazenagem e transporte, o quick commerce exige que a empresa tenha um bom sistema de gestão e não só monitore constantemente o estoque, mas também invista em um picking otimizado para que a seleção das encomendas seja rápida também.

Não é à toa que o estoque deve ser pensado para facilitar esse processo, com espaço para a locomoção interna e organização das mercadorias.

Escolha quais produtos serão comercializados

De fato, para nichos alimentícios, bebidas e cosméticos, o q commerce é uma ótima estratégia, até porque são produtos que os consumidores necessitam todos os dias. No entanto, artigos tecnológicos oferecem boas oportunidades. Seja qual for a escolha, procure opções em que a demanda é maior.

Decida o método de entrega

Nesse caso, as opções de entrega podem ser investir em uma rede de transporte própria ou fechar parcerias com uma empresa ou com um app de entregas em que o valor é repassado para o consumidor por meio de uma taxa.

Quais são as tendências do q commerce?

Não pense que o quick commerce é um modelo já consolidado, pois ainda há muitas transformações e melhorias pelas quais esse tipo de entrega deverá passar nos próximos anos. Dentre elas podemos destacar a tendência de expansão dos tipos de produtos comercializados. Categorias como beleza, medicina e saúde são grandes promessas para o q commerce nos próximos anos.

Além disso, as ferramentas tecnológicas terão um papel muito importante para sustentar esse modelo. O uso de drones para as entregas auxiliará a tornar esse meio possível para localizações fora dos grandes centros. E o machine learning ajudará nas pesquisas e monitoramento de estoque e processos.

O quick commerce pode ser enxergado como uma evolução dos modelos de envio do e-commerce. Até porque ele representa um patamar de entrega que foca não só no rápido fechamento da compra, mas também no envio mais ágil possível.

Quer continuar sabendo mais sobre o mundo do e-commerce? Então, escute agora o nosso podcast sobre as tendências para o futuro!

Escrito por

A ClearSale é especialista em soluções antifraude nos mais diversos segmentos, como e-commerce, mercado financeiro, vendas diretas, telecomunicações e seguros, sendo pioneira no mapeamento do comportamento do consumidor digital. A empresa equilibra tecnologia e profissionais especializados para entregar os melhores indicadores aos clientes e movimentar o mercado com segurança e confiança.

Assine nossa newsletter

Leitura em Libras