12/05/2022 •
2 min. de leitura

Smart Cities: o que é, como funciona e exemplos

Já pensou em um mundo repleto de cidades inteligentes? Essa é uma realidade cada vez mais próxima. Saiba mais!

 
 

Já ouviu falar das smart cities? As cidades inteligentes são tendências inovadoras que permitem um grande desenvolvimento econômico e social. Além disso, essa iniciativa contribui para a melhora da qualidade de vida dos moradores, tendo em vista que utiliza diversos recursos que facilitam a rotina e ajudam a promover o bem-estar.

O conceito de smart cities ganhou bastante força nos últimos anos e chama a atenção de empreendedores do segmento da inovação. Afinal, são projetos capazes de unir tecnologia e sustentabilidade de maneira prática e eficiente.

Ficou com vontade de saber mais sobre esse assunto? Então, acompanhe o post e entenda melhor sobre as principais características das cidades inteligentes!

O que são smart cities?

O desenvolvimento social, promovido principalmente pelo uso intensivo da tecnologia, é uma realidade. Quer um exemplo? Pense, então, em quanto tempo você levaria para enviar um comunicado a um grupo de 15 pessoas, de idades distintas, localizadas em diferentes regiões do país, cerca de 20 anos atrás.

Atualmente, em questão de segundos, é possível transmitir informações para um grande volume de pessoas. Além disso, há ferramentas que lidam com uma enorme quantidade de dados de maneira rápida e eficiente, aprimorando diversas atividades do cotidiano das pessoas e das empresas.

Sendo assim, por que não aplicá-las de forma integrada em uma cidade? É essa a proposta das smart cities: utilizar o melhor da inovação para promover melhorias sociais. Nesse tipo de organização urbana, as pessoas interagem com recursos, energia e serviços que foram estrategicamente planejados para auxiliar no desenvolvimento econômico e na qualidade de vida.

Como as smart cities funcionam?

Um dos principais objetivos das cidades inteligentes é solucionar os maiores problemas encontrados nos mais variados municípios atualmente, como dificuldade de acesso a serviços básicos, desafios de mobilidade urbana, consumo excessivo e desnecessário de energia e recursos naturais, falhas de segurança, entre outros.

Todos esses obstáculos impedem que haja um desenvolvimento sustentável da sociedade e da economia, gerando também grandes diferenças sociais, problemas ambientais e crises financeiras.

O planejamento de uma cidade inteira, utilizando estratégias urbanas e ferramentas tecnológicas para solucionar esses problemas, é um auxiliador para reduzir os desafios sociais e econômicos. Além disso, uma gestão política inovadora, alinhada a essas propostas, permite manter o controle de todas as iniciativas e do desenvolvimento.

Quais são as características das cidades inteligentes?

Só de ouvir a descrição, é possível notar que as smart cities são ideias que facilmente ganham espaço no futuro, não é mesmo? Não é à toa que são consideradas tendências, com altas chances de se expandir nos próximos anos.

Assim, haverá cada vez mais cidades com características inovadoras, como:

  • planejamento urbano e incentivo ao uso de transportes alternativos;
  • uso de energias renováveis na maior parte da cidade;
  • sistemas de captação da água da chuva para reutilizá-la no dia a dia;
  • diminuição da produção de lixo destinado aos aterros sanitários, com programas de incentivo ao descarte consciente, como reciclagem e compostagem;
  • uso de meios de produção menos poluentes;
  • governança inteligente;
  • organização econômica estratégica;
  • incentivo a práticas que melhoram a qualidade de vida;
  • integração intra e intermunicipal, permitindo também conexões internacionais.

Quais são as vantagens e desvantagens das smart cities?

As principais características das cidades inteligentes chamaram a sua atenção? Então, confira, a seguir, quais são as maiores vantagens e desvantagens de investir em uma iniciativa como essa!

Menor impacto ambiental

Como visto, com um melhor planejamento urbano, é possível apostar em práticas coletivas de redução dos danos à natureza e uso irresponsável dos recursos naturais. A ideia de sustentabilidade está bastante associada às cidades inteligentes, justamente por conta da sua importância para o desenvolvimento socioeconômico.

Incentivar a diminuição dos impactos ambientais, principalmente por meio de ações que abrangem uma grande quantidade de pessoas, é uma iniciativa decisiva para preservar a saúde do planeta e de todos os seus habitantes. Assim, é possível garantir a permanência de recursos importantes para a vida humana, como ar limpo e água potável, por muitos mais anos.

Maior humanização

A iniciativa das smart cities também promove uma maior atenção às necessidades básicas das pessoas, como moradia, transporte, alimentação, saúde, educação e lazer. Por conta disso, permite também uma maior humanização em todo o planejamento.

Inclusive, é por conta dessas características que as cidades inteligentes são capazes de contribuir para a promoção de mais bem-estar e qualidade de vida entre os habitantes.

Integração de informações

Atualmente, a Internet das Coisas (IoT) é uma das tendências mais relevantes na tecnologia. Por meio dela, é possível conectar diversos dispositivos a uma mesma rede, de modo que a integração seja fortalecida.

Em uma cidade inteligente, a comunicação entre as informações se torna essencial para que as ações sejam colocadas em prática. Nesse sentido, a integração é uma das palavras-chave das smart cities, ao mesmo tempo em que é uma de suas maiores vantagens.

Uma cidade integrada permite uma melhor organização, mais segurança, menos prejuízos econômicos, diminuição da perda de dados, entre vários outros benefícios. Desse modo, há um funcionamento otimizado.

Altos investimentos

No entanto, existem alguns desafios para a implementação das cidades inteligentes. Um deles é a necessidade de investimentos de altos valores em recursos tecnológicos e gestão estratégica.

Conseguir financiamento para cidades inteligentes não é uma tarefa fácil e envolve um planejamento bastante eficiente para que todos os investimentos sejam devidamente aproveitados.

Privacidade

A integração das informações apresenta ótimas vantagens no desenvolvimento de uma cidade, porém, pode comprometer a privacidade dos habitantes. Nesse caso, ainda é necessário o desenvolvimento de uma política de segurança de dados mais avançada para preservar os moradores.

Quais são os exemplos de cidades inteligentes?

Em várias regiões do mundo é possível encontrar exemplos de cidades inteligentes, como:

  • Markham, no Canadá;
  • Belfast, na Irlanda do Norte;
  • Rochester, nos Estados Unidos da América;
  • Wellington, na Nova Zelândia;
  • Townsville, na Austrália.

O Brasil também conta com smart cities. O estado do Paraná é um dos que testa tecnologias em diversas cidades, a fim de torná-las inteligentes. Esse é o caso de Ipiranga, um município com cerca de 15 mil habitantes, que apresenta resultados promissores.

A cidade mineira Itajubá é outro dos maiores exemplos de smart cities no Brasil. Com ótimos indicadores de tecnologia, educação, empreendedorismo e economia, o local apresenta um planejamento urbano bastante inovador.

Gostou de conhecer mais sobre as smart cities? Como visto, projetos voltados para o desenvolvimento tecnológico e socioeconômico das cidades por todo o mundo estão surgindo, reforçando a ideia de que essa é uma forte tendência de investimento.

Este post foi útil para você? Então, aproveite a oportunidade e compartilhe com nas redes sociais!

Título

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.

Assine nossa newsletter

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.