19/07/2021 •
2 min. de leitura

Conheça as 8 melhores dicas para aumentar a proteção contra hackers de sua empresa!

 

Atualmente, é essencial pensar em ações para reduzir os ataques de hackers no meio empresarial. Constantemente, circulam na web informações sigilosas que usuários compartilham no trabalho. Dessa forma, proteger contra hackers é fundamental para evitar possíveis contratempos.

Desse modo, adotar técnicas de proteção é uma estratégia muito importante e precisa ser sempre monitorada. Sendo assim, com pequenas mudanças de hábitos e com boas estratégias de navegação, a organização já consegue proteger os seus dados. Continue a leitura e conheça 8 melhores dicas para aumentar a proteção contra hackers de sua empresa!

1. Tenha um bom antivírus

Um bom antivírus é capaz de encontrar rapidamente uma ameaça no computador e, em algumas situações, pode evitar a instalação de malwares no dispositivo. Adquirir um antivírus na sua organização é um investimento para melhorar a segurança das informações.

É válido ressaltar que grande parte dos riscos de ataques cibernéticos relaciona diversos vírus. Logo, para conseguir proteger a empresa, é preciso ter um software de qualidade. O indicado é sempre procurar por uma versão corporativa e que tenha suporte técnico, principalmente para as organizações que não apresentam TI.

O serviço de proteção precisa ser completo e usar um banco de dados de assinaturas de vírus, visto que isso permite conhecê-lo e colher importantes informações a respeito do ataque, com a finalidade de combater sua ação.

2. Mantenha os softwares atualizados

É importante que os sistemas da organização, como aplicativos e softwares, sejam originais e atualizados rotineiramente. Isso porque os falsos facilitam o acesso remoto, permitindo roubar dados, informações bancárias, dados internos e senhas.

Para isso ser minorado, a atualização desses sistemas é imprescindível, uma vez que os criadores estão sempre aperfeiçoando e desenvolvendo proteções para os programas, reduzindo as oportunidades de acontecer vazamento de informações.

3. Crie um backup de dados importantes

A aplicação de backups precisa fazer parte da segurança de TI. Com eles, sua empresa consegue sobreviver desde a exclusão acidental de documentos até a proteção contra hackers. Nesse processo, as informações precisam ser armazenadas em um local seguro e remoto, evitando, assim, as adversidades.

4. Obtenha armazenamento em nuvem

O armazenamento em nuvem tem aumentado muito e se tornado uma opção muito satisfatória para a segurança empresarial. Esse serviço é disponibilizado por meio da internet e é uma solução destinada ao armazenamento de arquivos. A vantagem desse serviço é o seu custo-benefício, já que a empresa não precisa gastar com servidores.

Todavia, é necessário saber que, mesmo armazenados em nuvem, os dados estão suscetíveis a possíveis roubos. Dessa maneira, a forma de armazenamento em cloud precisa de um sistema de proteção. Utilizar esse serviço é um ótimo método de proteção, escalabilidade e segurança. Mas, para conseguir bons resultados, é essencial verificar se ele conta com backups regulares e um antivírus.

5. Use VPN

A ferramenta VPN é uma maneira de acessar uma rede de forma segura e anônima. Ela é excelente para conexões públicas e livres, em que muitas pessoas acessam e acabam sendo um local estratégico para criminosos virtuais. É muito importante se proteger para que os seus dados não sejam afetados. A ferramenta é uma ótima opção para instituições que precisam acessar muitos endereços eletrônicos.

6. Evite sites arriscados

Durante a navegação em algumas páginas, muitas janelas se abrem direcionando para outros endereços. Isso pode ser muito perigoso, portanto, é fundamental ficar muito atento. Os hackers são capazes de usar essas páginas para tentar roubar informações valiosas a respeito da instituição e dos colaboradores.

É fundamental evitar acessar sites desconhecidos, pois eles podem prejudicar o desempenho do seu negócio. Para isso ser evitado, feche todas as páginas que podem abrir durante uma navegação e não realize pesquisas em sites desconhecidos.

Além disso, é preciso salientar que o e-mail é o principal vetor de riscos. Para evitar possíveis contratempos é necessário adotar um eficiente antivírus, pois ele consegue manter os dados protegidos e diminui os riscos de vazamentos de informações.

7. Capacitar os colaboradores

Os colaboradores são fundamentais dentro de uma empresa, e a segurança dos dados também depende deles. Uma das maneiras de atuação dos hackers é enganando os usuários que têm acesso às informações. Nesse sentido, eles podem aproveitar da fragilidade dos seus funcionários para afetar o negócio.

Muitos ataques pela internet têm origem a partir das falhas dos colaboradores, seja por abrirem e-mails errados, fazerem uma aplicação não autorizada ou inserir diversos dispositivos nos computadores da organização, como celulares e pen drives.

Sendo assim, para reduzir esses índices é preciso que os colaboradores sejam capacitados a respeito da segurança das informações. O gestor precisa deixar claro as ações permitidas dentro da companhia, com a finalidade de evitar situações capazes de prejudicar todos os processos.

8. Contar com ajuda especializada para combater cyber crimes

Caso você não saiba como realizar os procedimentos de segurança ou não consegue encontrar as falhas da máquina, a melhor forma é contar com ajuda de profissionais especializados em cibercrimes, ou seja, crimes virtuais.

O especialista poderá realizar uma análise completa e, assim, encontrar possíveis falhas de segurança por meio de uma verificação mais detalhada, além de realizar medidas técnicas no software que o deixarão mais protegido contra os hackers.

Nesse contexto, eles podem contribuir muito na segurança dos dados. Não é nada positivo deixar informações de clientes e funcionários vulneráveis. Quando isso ocorre, a empresa acaba perdendo muita credibilidade no mercado. 

O mundo empresarial está cada vez mais acirrado. Por isso, é preciso ter estratégias para conseguir crescer e se desenvolver de forma saudável. Então, se fazem necessárias ações para que os hackers sejam combatidos.

Portanto, as dicas mencionadas neste artigo, certamente, aumentarão a segurança de sua empresa. É fundamental se proteger contra esses criminosos virtuais, pois eles são capazes de afetar significativamente os processos organizacionais. 

As informações internas precisam estar seguras. Por esse motivo, os colaboradores precisam ser treinados para não colocar o negócio em risco, além de contar com o máximo de segurança possível. A finalidade dos hackers é atrapalhar e prejudicar as tarefas diárias, além de se beneficiarem com informações valiosas.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para curtir a nossa página do Facebook para ficar por dentro de mais novidades!

Título

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.