4/05/2022 •
2 min. de leitura

M-commerce: o que é, exemplos e benefícios

 
 

Em um mundo cada vez mais agitado e com pessoas repletas de compromissos, nem sempre o consumidor tem tempo e disposição para ir até uma loja física, fato que se intensificou ainda mais com a pandemia causada pela Covid-19. Neste cenário, o comércio virtual, em especial o m-commerce, realizado com intermédio de dispositivos móveis, vem ganhando cada vez mais espaço e se popularizando.

O mercado online possibilita que o comprador tenha acesso a produtos no mundo inteiro com a praticidade de um clique. Dessa forma, cada vez mais têm despontado diferentes canais para intermediar essa relação, tanto em propostas mais abrangentes quanto com o foco em segmentos específicos de consumo.

E é exatamente para ajudar você a entender melhor sobre o assunto que trouxemos, neste post, tudo sobre o m-commerce. Você sabe do que se trata? É só continuar lendo para conferir. Vamos lá?

O que é m-commerce?

Não é de hoje que os celulares se tornaram acessórios indispensáveis para as pessoas. Com dispositivos cada vez mais sofisticados e completos, eles deixaram de ser apenas um telefone para funcionar como um tipo de computador portátil, tornando-se instrumento de trabalho, lazer e, é claro, de compras.

Assim, o m-commerce (também conhecido como mobile commerce) nada mais é do que uma fração do e-commerce: trata-se do comércio realizado por meio de dispositivos móveis, como smartphones e tablets. E quem trabalha com vendas online precisa entender todos os diferenciais desse tipo de comércio a fim de potencializar seus lucros.

Como funciona?

Os consumidores estão cada vez mais conectados em dispositivos móveis, muita gente deixou de lado os computadores domésticos. E para viabilizar esse comércio, se faz necessária a criação de plataformas e de interfaces específicas, bem como de planos de marketing compatíveis.

Quem deseja receber sua fatia desse mercado já trabalha desenvolvendo aplicativos para facilitar a pesquisa e a compra de produtos nos dispositivos móveis. Da mesma forma, os sites precisam ser navegáveis e responsivos em celulares e trazer facilidades para que o consumidor seja capaz de pesquisar e fechar a compra rapidamente em seus aparelhos.

É por isso que muita gente considera o m-commerce como a evolução do e-commerce, já que costuma ser mais prático e rápido, de forma que o consumidor não precisa esperar até chegar em casa ou ao trabalho para finalizar a compra.

Quais são os seus benefícios?

Embora adaptar seu e-commerce para dispositivos móveis possa significar um investimento a mais, pode ter certeza de que o retorno será garantido. Veja a seguir algumas das maiores vantagens de apostar nesse segmento.

Proximidade com o cliente

O m-commerce oferece uma experiência de consumo muito positiva para o cliente. Ele pode visualizar o produto desejado enquanto navega a caminho de casa ou do trabalho e finalizar a compra com poucos toques na tela.

Dessa forma, ele não precisa esperar até estar diante de um computador, atendendo ao imediatismo das novas gerações e criando uma sensação de proximidade e satisfação, como se a empresa entendesse suas necessidades.

Aumento das vendas

A facilidade permite que o cliente feche a compra sem pensar muito, aproveitando períodos de intervalo e até mesmo durante o transporte. O consumidor pode ver um produto em sua rede social preferida e já ser direcionado para a página correspondente ao item desejado, por exemplo.

Como não há necessidade de esperar até chegar em sua casa ou no trabalho, o cliente não corre o risco de se esquecer do produto desejado ou desistir da compra.

Ter a loja virtual ranqueada pelo Google

Para vender bem pela internet, é necessário ter um bom posicionamento nos mecanismos de busca, em especial o Google. Para isso, além das otimizações de SEO e outros mecanismos, a página precisa ser leve e responsiva, ou seja, funcionar em diferentes dispositivos.

Dessa forma, adaptar sua loja ao m-commerce garante um bom posicionamento no ranking do Google, de modo que os usuários vão chegar até sua empresa de forma mais orgânica e sem a necessidade de grande esforço com campanhas pagas. Basta o consumidor digitar o que deseja na barra de pesquisa e sua marca vai aparecer entre as primeiras opções.

Canal direto com as pessoas

O uso de aplicativos é uma ótima forma de criar um canal direto com o cliente. Com o seu app salvo na interface do aparelho celular, as chances de o cliente entrar espontaneamente para dar uma olhada nas novidades são grandes. Algo que funciona muito bem em qualquer segmento, de produtos novos a itens usados.

Como pode ser implementado no e-commerce?

Para incrementar seu e-commerce seguindo essa tendência, você vai precisar fazer algumas adaptações e adotar novas tecnologias. Isso vai melhorar a experiência de consumo e potencializar os lucros do seu negócio. Veja algumas dicas!

Crie um site responsivo

O primeiro passo para aproveitar o m-commerce é investir em um site leve e responsivo. Isso quer dizer que ele precisa estar adaptado para funcionar bem em qualquer interface e em diferentes tamanhos de tela, como celulares e tablets, por exemplo.

Um design de qualidade e responsivo permite que o cliente consiga usar a plataforma em qualquer dispositivo sem que as imagens e demais elementos se deformem ou percam a configuração.

Da mesma formal, o site precisa carregar com rapidez, ser intuitivo e abrir os links com agilidade. Se a página for muito lenta ou complexa, os usuários vão encontrar dificuldade e abandonar a compra.

Facilite o processo de compra

O consumidor moderno não tem mais paciência para procedimentos complicados. Sites que demandam cadastros complexos e muitos passos até a finalização da compra, geralmente, causam a perda do interesse do consumidor.

Recursos como “comprar com um clique” são cada vez mais relevantes para o sucesso de quem deseja ter bons resultados na hora do checkout e aumentar a fidelização e o volume de vendas.

Faça a integração com as redes sociais

As redes sociais são grandes responsáveis pela divulgação de produtos e estímulo do comportamento de consumo. Não é à toa que ser um influenciador digital é uma das profissões mais lucrativas da atualidade.

Por isso, para ter sucesso com m-commerce, deve ser possível clicar em um link direto das redes sociais para a página ou app. Quanto mais integrado seu e-commerce for com as mídias sociais, melhor.

Por que pensar em segurança?

A segurança dos dados dos clientes deve ser uma prioridade para quem trabalha com vendas online. Além de garantir autoridade e credibilidade para o seu negócio, a proteção de dados se tornou uma obrigação legal.

A Lei Geral de Proteção de Dados (Lei nº 13.709/2018) demanda uma série de critérios para o uso das informações pessoais de pessoas físicas e estabelece penalidades pesadas para quem realizar tratamento indevido, agir de maneira negligente ou deixar de fiscalizar parceiros e fornecedores, por exemplo. Por isso, uma dica valiosa é contratar um serviço de consultoria antes mesmo de dar início à operação.

Com certeza o m-commerce faz parte do futuro do comércio virtual. Mas esse crescimento não pode ser feito de forma desordenada, especialmente com o aumento do número de fraudes e roubo de informações. Portanto, criar um processo simples e responsivo deve sempre estar vinculado a boas soluções tecnológicas para proteger as informações dos clientes em qualquer dispositivo.

Você já conhecia esse modelo de comércio? Se gostou das dicas, aproveite para compartilhar este post nas suas redes sociais e demonstrar que sua empresa investe em tecnologia e inovação!

Título

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.

Escrito por

Jornalista responsável pela produção de conteúdo da ClearSale, é graduado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Comunicação Multimídia pela FAAP. Tem 10 anos de experiência em redação e edição de reportagens, tendo participado da cobertura dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Renovado após seis meses de estudo e vivência no Canadá, aplica agora seus conhecimentos às necessidades do mundo corporativo na era do Big Data.

Assine nossa newsletter

Ao fornecer suas informações, você declara estar ciente de nossa Política de Privacidade e aceita que a ClearSale envie informativos, ofertas e outros materiais.